Guia da【BRAQUIÁRIA】► O que é | Vantagens | Espécies

Quando se trata de vida rural, muito se ouve falar sobre braquiária. Se você pretende iniciar algum tipo de cultivo e precisa de bons insumos para o solo, essa é uma bela opção. A grande vantagem é ser de origem natural, favorecendo a sustentabilidade e a agroecologia.

Por isso, é interessante saber mais sobre braquiária, conhecer os benefícios, as principais espécies e quais são os cuidados. Preparamos um guia completo e informativo, leia e saiba tudo.

Braquiária

Guia completo sobre braquiária: tipos, vantagens e tudo mais

O que é braquiária?

Braquiária ou brachiaria é uma espécie de capim e/ou gramínea forrageira que cresce em grande parte em solos ácidos. É nativa da África e foi introduzida no Brasil no final da década de 1980, com a principal função de servir de alimento para o gado bovino.

Esse tipo de “pasto” foi um dos responsáveis por intensificar a bovinocultura no país, tanto que se tornou um dos maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo. Para se ter ideia, a braquiária gerou tantos benefícios que está presente em 80% das pastagens do país.

tipos de Braquiária

A braquiária é perfeita para alimentar o gado bovino

Essa popularidade aumentou depois que a braquiária começou a ser utilizada para estruturação do solo antes ou em consórcio com o cultivo de muitas lavouras. De acordo com a Embrapa, os primeiros testes começaram junto às culturas de milho e sorgo. Depois, se estenderam para plantações de milho e café. Especialistas do órgão revelam que há ganho de produtividade no solo, cerca de 5 a 10 sacos de grãos a mais por hectare.

Além disso, todas as espécies de braquiárias se adaptam perfeitamente ao clima tropical brasileiro, favorecendo diversos sistemas agrícolas. Do mesmo modo, são importantes na integração de pecuária e lavoura, pois trazem ganhos tanto para a criação dos bovinos quanto para as plantas.

Braquiária o que é

O capim pode ser cultivado junto com milho, por exemplo

Quais suas vantagens e benefícios?

A braquiária possui uma série de vantagens e benefícios.

  • Melhora as propriedades químicas, físicas e biológicas do solo;
  • Favorece o ganho e aumento da matéria orgânica;
  • Reestrutura o solo a ponto de melhorar a infiltração de água e recarga do lençol freático;
  • Aumenta a produtividade do solo e consequentemente os ganhos com a lavoura;
  • Pode ser cultivada em consórcio (conjuntamente) com várias espécies: soja, milho, café, trigo, etc.;
espécies de Braquiária

Há várias espécies de braquiária, mais de cem documentadas

  • Há vários tipos disponíveis e todos com boa adaptação ao clima do país;
  • Serve de alimento para o gado bovino, por isso também é vantajosa para a pecuária;
  • Reduz a invasão de pragas e plantas daninhas, além de controlar o mofo branco;
  • As raízes alcançam até quatro metros de profundidade, ajudando a reciclar os nutrientes do solo.

Tipos e espécies de braquiária

Saiba quais são os tipos e espécies de braquiária mais cultivados no país e suas características.

Brachiaria decumbens

Nome científico de duas variações de braquiária popularmente conhecidas como IPEAN (que possui folhas bem pilosas) e Basilisk, com folhas pouco pilosas.

São espécies forrageiras, perenes e com rápido crescimento, alastrando por todo o terreno e alcançando até 70 centímetros de altura. São as melhores variações para alimentar o gado, suportando pisoteio pesado, com alta formação e produção de massa verde.

Gostam bastante de chuvas e têm baixa resistência à seca. Devem ser semeadas em períodos chuvosos e se adaptam a praticamente qualquer tipo de solo.

Comuns no centro-oeste do país, nas regiões de cerrado, como Goiás e Mato Grosso. Boas opções para cultivar com arroz, trigo, soja, entre outras culturas.

Brachiaria decumbens

especie de Brachiaria decumbens

Brachiaria brizantha

O nome popular dessa espécie é braquiarão ou brizantão. Trata-se de uma gramínea perene que cresce como touceira e chega até a 2 metros de altura. Possui folhas verdes escuras, pilosas e robustas.

O braquiarão cresce rapidamente e resiste bem à seca, por isso é comum em todas as regiões do Brasil. Entretanto, o solo precisa ser ácido, com média ou alta fertilidade e que não favoreça o encharcamento em épocas de chuvas.

Deve ser semeado de setembro a dezembro e se adapta bem ao plantio em consórcio com leguminosas e outras espécies. Quanto falamos em consórcio, trata-se de um sistema de cultivo conjunto entre a braquiária e outro tipo de planta, como milho ou soja, por exemplo.

Brachiaria brizantha

especies de Brachiaria brizantha

Brachiaria ruziziensis

É um tipo de braquiária semelhante à decumbens, porém tem maior porte. Gosta de solos pouco ácidos, de média e alta fertilidade. Além disso, também é indicada para a bovinocultura.

Essa forrageira é indicada no plantio direto na palha, tem fácil controle e rápido estabelecimento no solo. Entretanto, acaba sendo suscetível a pragas, como cigarrinhas, além de baixa competição com plantas invasoras. Por isso, não é uma opção tão interessante em comparação às outras espécies.

Brachiaria ruziziensis

especies de Brachiaria ruziziensis

Brachiaria humidicola

Essa variação de braquiária é perfeita para solos mal drenados e encharcados. Do mesmo modo, se adaptam a solos com baixa fertilidade.

Por outro lado, o estabelecimento é lento e o enraizamento baixo, por isso não tem boa produtividade – sobretudo em relação aos outros tipos de braquiárias. Tem boa tolerância às pragas, mas pode ser pouco viável no plantio em consórcio com outras culturas.

Brachiaria humidicola

especie de Brachiaria humidicola

Como cultivar?

O cultivo da braquiária depende de cada espécie. De modo geral, o processo de semeadura é realizado solo ou conjuntamente com outras culturas. Entretanto, deve ser após a semeadura da cultura principal para evitar a competição entre as duas plantas.

Para uma boa produtividade e em lavouras grandes, a consultoria de um engenheiro agrônomo pode ser interessante, sobretudo na indicação de insumos para favorecer todo o projeto agrícola, tanto na formação da braquiária quanto das outras espécies.

Se o objetivo é plantar para o consumo do gado, é indicado apenas se atentar às condições do solo para escolher a melhor variação, além de ter uma boa área para plantação.

o que é Braquiária

O cultivo é simples e o capim se adapta a várias regiões


De modo geral, a braquiária é essencial para agricultores e pecuaristas que procuram opções acessíveis e sustentáveis. Escolha a espécie ideal, cuide bem e aproveite suas vantagens.

Esperamos que tenha gostado do nosso guia completo. Deixe um comentário e compartilhe. Boa sorte e até mais.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *