Pisos de cerâmica: um guia completo de como escolher o piso perfeito!


Escolher o piso é um detalhe super importante da obra, afinal é um revestimento que vai dar cor e acabamento a todos os ambientes. E não é incomum a dúvida nessa etapa, por isso, hoje vamos dar dicas de pisos de cerâmica.

O piso cerâmico ou piso frio, como também é chamado, é uma opção muito utilizada em diferentes projetos, mas há variedades entres modelos desse tipo de piso. Além da variedade de modelos, há também muitas informações que você precisa saber antes de optar pelos pisos de cerâmica, pois só assim você fará a escolha certa de revestimento.

            Então, se você quer descobrir tudo sobre piso cerâmico, é só seguir a leitura!    

modelos e tipos

 

Diferença entre Cerâmica e Porcelanato

Ambos os pisos são considerados pisos frios, mas são opções diferentes, e por isso vamos explicar um pouquinho mais das diferenças entre pisos de cerâmica e porcelanato para evitar confusões:

diferença cerâmica e porcelanato

 

  1. Cerâmica: a técnica usada na fabricação de pisos de cerâmica consiste em uma mistura de argila e outras matérias inorgânicas. O processo é menos complexo que a fabricação de porcelanato, e o resultado são peças com menor uniformidade, mas com uma ampla gama de texturas e estilos.
  2. Porcelanato: o processo de fabricação do porcelanato é um pouco mais complexo que o piso cerâmico. Para gerar o piso porcelanato é feita uma mistura de porcelana e outros minerais, o que gera um visual mais uniforme ao piso, que pode ter brilho, como o porcelanato polido, ou não. Essa técnica resulta em um piso mais resistente e menos poroso, e portanto, de maior durabilidade.

 

No geral, a maior diferença entre cerâmica e porcelanato está no processo de fabricação, e apesar do porcelanato ser bastante resistente, isso não descaracteriza a resistência da cerâmica, que também tem alta durabilidade.

 

Dicas para escolher pisos de cerâmica

  • Evite peças muito grandes: as peças muito grandes podem ser um problema no momento da obra, principalmente se você escolher um piso grande para um ambiente pequeno. Por ser muito grande, os pisos de cerâmica podem ser mal aproveitados em ambientes pequenos, pois geram muitos recortes o que resulta em desperdício e custo maior. Neste caso, reserve os modelos maiores apenas para ambientes grandes.
  • Cuidado com pisos escorregadios: o acabamento e textura do piso também devem ser analisados, e principalmente de acordo com os moradores da casa e ambiente em que serão instalados. No caso de lares com idosos e animais de estimação, fuja das opções mais lisas, que podem gerar acidentes. Os modelos mais lisos também não devem ser utilizados em áreas externas e ambientes molhados, como banheiros.
  • onde usarVerifique a qualidade: há uma tabela de A a D que define a qualidade dos pisos de cerâmica. O piso do tipo A é o de primeira linha, e por conseguinte, o de melhor qualidade. Já as versões B e C, entram respectivamente na segunda e terceira linha. E o piso de qualidade D é chamado de refugo, e tem qualidade bem inferior, além de não ter garantia do fabricante. Então, se você busca por pisos de alta durabilidade e com garantia do fabricante, a dica é priorizar pelos modelos de qualidade A ou B.
  • Reserva: além da compra necessária para todo o revestimento, a dica é comprar uma quantidade reserva de pisos de cerâmica, para possíveis e futuros reparos, como reparos hidráulicos e pisos trincados. Para a reserva, compre de 10% a 15%  a mais.

 

Vantagens e Desvantagens

Vantagens

  • Temperatura do piso: o piso frio, como o próprio nome já diz, tem a vantagem da temperatura ser fria, e é um grande aliado em regiões quentes, pois ajuda a manter o ambiente mais fresquinho.
  • Facilidade de limpeza e manutenção: o piso cerâmico é um dos modelos mais simples de limpar, já que basta um pano úmido para remover a poeira do piso e deixá-lo limpo. Esse tipo de piso ainda tem a vantagem de poder ser lavado, o que é ideal para áreas externas, banheiros e cozinhas.
  • Durabilidade: se você considerar a classificação de acordo com a qualidade (de A a D) e o PEI, é possível comprar pisos de cerâmica muito resistentes e duráveis. E além de ser uma opção com boa qualidade, ainda sai disparado na frente dos pisos de madeira, por conta da resistência e não proliferação de fungos e bactérias, como os cupins que podem atacar e danificar todo o piso de madeira.
  • Ideal para alérgicos: para uma casa que tenha adultos e/ ou crianças alérgicas, o piso cerâmico é a melhor opção. Esse tipo de piso não acumula poeira e não está sujeito à proliferação de fungos. Então, para os alérgicos, essa é a melhor opção de piso.
  • Variedade: como o piso é uma opção fabricada industrialmente, há uma gama enorme de cores e texturas que compõem os modelos de pisos de cerâmica. E essa variedade é uma vantagem, já que permite encontrar modelos bem diferentes e que fique em sintonia com cada estilo de projeto.
  • Preço: o preço varia bastante, mas há opções bem baratas e com excelente custo-benefício, tornando esse tipo de piso uma escolha perfeita para cada orçamento.

 

vantagens e desvantagens

 

 

Desvantagens

  • Isolamento térmico: no tópico de vantagens, o isolamento térmico entrou como ponto positivo, mas a temperatura do piso também pode entrar no tópico de desvantagem, e isso varia de acordo com os parâmetros analisados. Neste caso, o piso cerâmico é desvantajoso para regiões frias, pois mantém o ambiente ainda mais gelado. Além disso, também pode ser desvantagem para o revestimento de quartos, pois não traz sensação aconchegante para esse ambiente.
  • Escorregadio: o acabamento do piso pode ser uma grande desvantagem e causar acidentes domésticos. Então, tome cuidado na escolha dos pisos de cerâmica, e evite modelos muito lisos.
  • Desgaste: o piso cerâmico pode sofrer com o desgaste ao passar do anos, e isso é um ponto negativo. Para evitar isso, o ideal é considerar o PEI e buscar por opções com alta resistência.

 

Como escolher de acordo com o PEI

Para quem não conhece, as cerâmicas esmaltadas são classificadas de acordo com um índice de resistência – PEI (Porcelain Enamel Institute – nome do instituto que regulamentou a resistência à abrasão dos pisos cerâmicos esmaltados).

E por isso, os pisos são classificados de acordo com seu PEI, que determina se um tipo é mais resistente que outro, e para quais usos são indicados.

Para ajudar no processo de escolha, fizemos uma tabelinha com os níveis e classificações de resistência à abrasão:

 

Classificações

Resistência

Indicações de uso

PEI 1BaixaPiso de menor resistência, por isso é indicado para uso em áreas de menor circulação, como lavabos, ou revestimento de paredes.
PEI 2MédiaResistência um pouquinho superior, e que permite o uso residencial e locais com circulação baixa e com uso de calçados, como salas e quartos.
PEI 3Média/ AltaResistência intermediária, mas que já é ideal para ambientes internos, como sala, cozinha, hall. Esse tipo de piso não é indicado para comércios, devido a grande circulação.
PEI 4AltaPisos bastante resistentes e que podem ser utilizados em áreas de bastante tráfego e desgaste, como comércios, garagens e banheiros.
PEI 5AltíssimaO mais resistente da classificação e indicado para áreas externas com exposição ao tempo, qualquer ambiente da casa, e inclusive em comércios.

 

Quanto custa? Preço médio

O preço varia bastante de acordo com o estilo, qualidade e classificação de acordo com o PEI, mas para quem quer uma opção intermediária de qualidade, já é possível encontrar opções com preço médio de R$ 20 m².

 

Modelos e Fotos de Pisos de Cerâmica

Imitando madeira

O piso que imita madeira é uma das opções para os pisos de cerâmica.

O acabamento que remete à madeira, além de ser mais barato ainda tem muitas vantagens em relação ao material nobre, como:

  • não proliferação de fungos e bactérias;
  • preço mais barato;
  • pode molhar, portanto, pode ser usado em áreas externas e banheiro.
piso sacada

O piso que imita madeira clara foi usado como revestimento para a sacada

piso imita madeira banheiro

O modelo imita madeira escura e combina com o gabinete de madeira

banheiro moderno

No projeto, o piso foi usado no chão e no revestimento das paredes no interior do box

lavabo pequeno e moderno

piso imita madeira banheiro

O chão e parte da madeira foram revestidos com piso que imita madeira

piso amadeirado piscina

A área externa substituiu o clássico deck de madeira pelo piso amadeirado

cozinha corredor

casa com piscina

Na área externa, o piso imita tábuas de madeira

projeto banheiro

piso amadeirado

O piso lembra madeira clara

Para sala

Os pisos para sala possuem uma variedade enorme mesmo na seleção de pisos de cerâmica.

Neste ambiente, o piso cerâmico pode ser branco, preto, com textura que imita madeira, imitando cimento queimado, e até mais liso, já que o ambiente dificilmente fica molhado.

E para trazer uma sensação de aconchego ao ambiente, vale usar um tapete na sala, que deixa o espaço mais aconchegante e sem tirar o charme do piso escolhido.

cozinha americana

O balcão da cozinha americana limita os ambientes

sala pequena

O piso claro foi instalado na diagonal na parte central, e nas bordas foi instalado lado a lado

sala de TV

O tapete deixa a sala mais aconchegante

sala pequena

No teto, sanca de gesso

sala decorada

piso que imita cimento queimado

O piso imita cimento queimado

piso cimento

sala integrada

Os móveis em madeira e bambu decoram a sala

sala com lareira

Para cozinha 

A escolha do piso para cozinha deve ser bem feita, já que neste ambiente o piso deve ter limpeza fácil, possibilidade de lavado / molhado, e não escorregadio.

E todos esses quesitos que devem ser considerados no piso para cozinha podem ser encontrados nos pisos de cerâmica, o que torna a opção perfeita para o ambiente.

Além de atender aos pré-requisitos de um piso para a cozinha, as cerâmicas ainda possuem variedade de cores, e isso permite encontrar a opção perfeita para cada proposta, que pode ir desde o clássico piso branco ou clarinho, até mesmo a uma composição quadriculada estilo xadrez.

 

piso xadrez

Na cozinha, a aposta foi por usar duas cores de piso – preto e branco – e formar o efeito xadrez

geladeira adesivada

A geladeira foi envelopada com estampa geométrica

cozinha moderna

O piso da cozinha é um mix de preto e branco

cozinha planejada

O piso claro ilumina a cozinha pequena

bancada vermelha cozinha

cozinha com pastilhas

A parede foi revestida com pastilhas verdes

cozinha cimento queimado

No chão da cozinha, piso que imita cimento queimado

cozinha rústica

O piso avermelhado traz um visual rústico à cozinha

ladrilho hidráulico cozinha

O piso que imita cimento queimado foi decorado com ladrilhos hidráulicos

cozinha descolada

A porta azul combina com as cadeiras

Para banheiro 

No banheiro, os pisos de cerâmica são a melhor escolha, pois podem ser molhados. No entanto, nesse ambiente é preciso escolher por um piso que não seja escorregadio, já que em contato com a água o piso tende a ficar mais liso.

Considerando isso, opte por um modelo de piso cerâmico que tenha acabamento menos uniforme, o que vai trazer certa aderência ao revestimento e evitar possíveis acidentes.

box com 2 chuveiros

As paredes internas do box têm revestimento de pedras

banheiro clean

O piso que imita cimento queimado foi usado no chão e na parede do banheiro

banheiro simples

No banheiro, a aposta foi pelo piso amadeirado escuro na área do box

banheiro provençal

O piso claro foi a escolha para manter a delicadeza do banheiro

banheiro com banheira

banheiro com piso branco

No chão, piso branco

banheiro colorido

O piso cinza suaviza o colorido do banheiro

pastilha azul banheiro

Pastilhas azuis revestem uma das paredes internas do box

banheiro azul e branco

Para garagem e área externa 

O piso para garagem e áreas externas também merece atenção especial, e assim como no banheiro, essas peças não devem ser lisas, pois com a chuva o revestimento pode ficar bastante liso.

Neste caso, as indicações são pisos não escorregadios ou até mesmo o piso antiderrapante que é perfeito para áreas externas.

Além disso, considere também a qualidade do piso, já que esse vai ficar exposto às intempéries do tempo, e pode sofrer mais desgaste.

piso antiderrapante

O piso antiderrapante foi usado no quintal

piso garagem

O modelo antiderrapante imita pedras

piso churrasqueira

quintal com jardim

No quintal, o piso claro destaca o jardim

piso externo

O piso da garagem tem acabamento menos escorregadio

piso diagonal

No quintal, a aposta foi por usar duas cores de pisos intercalados

churrasqueira rústica

piso para área externa

Depois das dicas do post sobre pisos de cerâmica, agora você já pode escolher o seu revestimento com mais segurança e encontrar  a opção perfeita para o seu projeto.

 



COMPARTILHE!

Confira também

  1. Tânia Barbosa disse:

    Amei todas as informações.
    Estou construindo e me ajudou muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *