COMO CUIDAR DE ORQUÍDEAS: Guia Completo!

Uma flor que tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil são as orquídeas, e não é para menos, afinal a beleza exuberante chama a atenção; mas não basta ter um ou mais vasos, é preciso saber como cuidar de orquídeas, assim você prolonga a vida da planta e garante novas florescências.

dicas para dar flor

 

Passo a passo de como cuidar de orquídeas

Tipo de vaso

É comum que esse tipo de planta venha em vasinhos plásticos, mas na verdade, esses não são os mais adequados. O melhor tipo de vaso são os de barro, já que o material tem mais porosidade e absorve o excesso de água, fazendo com que sua orquídea não fique com a terra encharcada.

Caso, a sua planta ainda esteja em um vasinho desse tipo, o ideal é tomar cuidado com a rega, mas melhor ainda é fazer o replantio para melhorar a vida da plantinha. Só não faça a troca de vasos quando a orquídea estiver florida.

 

tipo de vaso

Os vasos furados permitem o escoamento da água

Como replantar e montar o vaso

            Nem só de terra sobrevive a planta!

Isso mesmo, se você quer garantir a florescência da sua planta, é preciso seguir algumas dicas na hora de montar o vaso para plantio.

  • Lave o vaso e deixe-o encharcar de água;
como plantar

A limpeza do vaso é ideal para tirar qualquer micro-organismo que possa influenciar no desenvolvimento da planta

  • Passe as lâminas de uma tesoura no fogo para esterilizar;
  • Corte a muda saudável;
  • No vaso coloque uma camada de pedra no fundo;
  • Cacos de vaso ou pedaços de isopor;
  • Cubra com substrato;
  • E por cima coloque fibras de coco, que já ter ficado de molho na água;
  • Agora abra um buraquinho com o dedo e insira a muda nesse espaço;
  • Coloque uma vareta para dar sustentação a planta e amarre a orquídea delicadamente.

como montar vaso para plantio

Rega

Uma dúvida frequente é o quanto de água dar a planta. E como qualquer outra espécie, o excesso pode apodrecer suas raízes.

O ideal é regar a planta de 2 a 3 vezes na semana, e nos outros dias apenas borrifar água nas folhas. Neste caso, escolha um horário no início da manhã ou final da tarde para não cozinhar as folhas diante do sol quente.

quando regar

A rega deve evitar molhar as flores

No entanto, a rega pode mudar de acordo com o clima da sua região, e por isso é preciso observar as necessidades da planta.

A dica para ver se a planta está necessitando de água é colocando o dedo na terra, o ideal é que esteja sempre úmida e jamais encharcada.

 

Local/ Luminosidade

Deixar as plantas fora de casa é a melhor opção afinal a espécie precisa de sol; mas nada de excessos. O ideal é que a plantinha pega o sol direto até as 9h da manhã e depois da 16h, mas nada de ficar mudando a planta de local.

Escolha um ponto do quintal ou no jardim de inverno que receba sol nesses horários, e evite tirar a planta do local.

E quando iniciar a florescência, nada de leva-la para decorar a casa heim, afinal a mudança de ambientes é sentida pela espécie que é bem delicada.

orquidário

Prateleiras ajudam a manter as plantar organiziadas

Dica: para não ter excesso de luz, vale instalar um sombrite sobre os vasos para “filtrar” a luz do sol.

 

Ventilação

A delicadeza dessas plantas é uma característica bem marcante, e o excesso de vento pode ser prejudicial para seu desenvolvimento. Neste caso, o melhor é escolher um local que tenha pouco tempo.

 

Adubação

Para garantir a beleza das folhas, use foliar diluído na água conforme a orientação do fabricante. A aplicação deve ser feita no momento de borrifar a planta.

Para a florescência a indicação é de usar adubo NPK 10-30-20 e usar a quantidade indicada no rótulo. A aplicação também deve seguir as recomendações do fabricante, e nada de colocar “um pouquinho a mais para dar mais flor”, isso só vai prejudicar o desenvolvimento da espécie e pode até matar a planta.

adubação

Dica: antes de passar foliar nas plantas, pulverize-as 20 minutinhos antes, já que isso vai incentivar a abertura das células das folhas, e no momento de aplicar o foliar a planta vai receber melhor o adubo.

 

Folhas amarelas

            Suas folhas estão ficando amareladas?

Isso é um sinal da planta de que ela está recebendo mais sol do que gostaria, então, repense um novo local para colocar a orquídea e restabelecer a coloração ideal das folhas.

folha amarelada

Aos primeiros sinais de folhas amarelas é bom ficar em alerta

Folhas escuras

A coloração das folhas é um indício de como está a saúde da sua planta. E se você notou que as folhas estão escurecidas, é hora de dar mais atenção e mudar a plantinha para um lugar com mais sol, afinal esta coloração indica que a plantinha está ficando muito tempo na sombra.

folha escura

Não deixe água parada no pratinho da planta

Como tirar manchas das folhas

Se as folhas da sua planta começaram a ter pequenas manchinhas, há uma receitinha bem simples para recuperá-las.

  1. Ferva água e acrescente fumo de corda;
  2. Deixe essa mistura no fogo por uma hora até ficar com uma substância bem concentrada;
  3. Coloque o líquido em um potinho de pulverizar;
  4. Pulverize as plantas com essa mistura até que o aspecto das folhas melhore novamente.

 

Descartar folha

Se por algum motivo – envelhecimento, apodrecimento, etc – você precisar descartar uma folha, o método correto é utilizar um tesoura que já tenha sido esterilizada no fogo.

Depois passe um pouquinho de canela em pó sobre o local do corte. A canela tem poder cicatrizante, e isso vai evitar que micro-organismos contaminem sua planta.

 

Cochonilhas e pulgões

Observar a planta cuidadosamente é uma dica preciosa para cuidar da espécie. E no caso das orquídeas não é raro ver pequenos bichinhos andando por suas folhas.

A maneira correta de fazer a remoção desses insetos é usando uma esponja macia e sabão de coco. Basta passar a esponja no sabão e ir retirando os invasores ao passar a esponja pelas folhas.

O sabão de coco não vai alterar e nem prejudicar o desenvolvimento da espécie; pelo contrário, vai livrá-la das invasões.

insetos orquídeas

O que evitar nas orquídeas

Cigarro

            Tudo bem que essa deveria ser uma dica do que evitar para a sua vida, mas se você é adepto do cigarro, jamais fume perto das plantinhas, já que as substâncias exaladas na fumaça prejudicam o seu desenvolvimento.

Além de não fumar perto de orquídeas, lembre-se também de lavar muito bem as mãos antes de manuseá-las, afinal as substâncias do cigarro podem estar nas mãos.

 

Receitas mirabolantes

Nem tudo que se vê ou ouve por aí é recomendado. Se sua amiga passou uma receita para que a planta floresça pelo ano inteiro desconfie. Afinal a espécie tem seu tempo de dormência, o que é uma recuperação entre uma florada e outra.

As receitinhas malucas podem ser esquecidas, afinal não há milagres, e sim muito esforço e carinho para manter as plantas sempre saudáveis.

Agora que você já sabe tudo sobre como cuidar de orquídeas, é hora de prolongar a vida da planta que você ganhou e garantir sua florescência frequente.


Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Gênison Brito Alves Lima disse:

    Informações muito interessante e válidas. Obrigado.

  2. MARCUS disse:

    MUITO BOA AS ORIENTAÇÕES. OBRIGADO.

  3. Dr Rodolfo Aurelio disse:

    Demorei mais encontrei seu site. Conteúdo de qualidade. Obrigado por compartilhar

  4. Filipe disse:

    Esse site é muito top. Conteúdo de qualidade. Ja vi tanto site horroroso. Esse está muito bom. Continue postando conteudo de qualidade. Obrigado

  5. Murilo Alves disse:

    muito bom seu artigo obrigado pelas dicas esta me ajudado muito

  6. Maria Clara Palomares Vidotti disse:

    Bom Dia! Gostaria de saber o que eu faço com aquelas hastes depois da florada, se eu corto ou deixo mesmo secos? Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *