Piscicultura – Guia Completo da Criação de Peixe!【2021】

A piscicultura é uma das técnicas de criação de peixe que tem se destacado no Brasil e vem ganhando espaço entre os ramos da aquicultura.

A técnica de piscicultura pode ser bastante vantajosa para quem quer tornar a atividade de criação de peixes lucrativa, e para ter sucesso no negócio, reunimos dicas que podem alavancar esse tipo de criação e as vantagens de adotar a piscicultura.

piscicultura

O que é piscicultura?

A piscicultura é uma técnica de criação de peixes com propósito comercial, tendo como principal finalidade a produção de peixes para alimentação, mas também é comum a criação de peixes ornamentais.

A técnica para a criação de peixes delimita um espaço, tornando a prática mais fácil, e esse espaço pode ser em ambientes naturais ou tanques artificiais.

Quais as vantagens da criação de peixe?

Para quem vem pensando em iniciar a atividade de criação de peixes, reunimos as principais vantagens da técnica de piscicultura. Assim, é possível avaliar os pontos positivos e considerar se essa é uma atividade que vale a pena.

  • Monitoramento: esta técnica tem como vantagem a possibilidade de monitoramento, acompanhando com facilidade o desenvolvimento dos peixes, e garantindo monitoramento constante dos animais.
vantagens da piscicultura

O monitoramento da criação é um ponto positivo

  • Mão-de-obra: a técnica de criação de peixes utiliza pouca mão-de-obra e é considerada de fácil manejo, o que é uma vantagem para quem quer começar com um negócio menor e gastando pouco com mão-de-obra.
pontos positivos da piscicultura

A técnica é de fácil manejo e utiliza pouca mão-de-obra

  • Variedade de espécies: um dos pontos positivos desse tipo de criação de peixes é a possibilidade de criar diferentes espécies, escolhendo as espécies para cultivo de acordo com a demanda, garantindo lucro na comercialização.
dicas e vantagens de piscicultura

A técnica permite a criação de diferentes espécies

  • Crescente consumo: a técnica é bastante aplicada à criação de peixes com a finalidade de alimentação, e esse é um ponto positivo, já que o consumo de peixes no país é crescente e atualmente a oferta nacional é menor que a demanda.

vantagem da criacao de peixes

Como ter uma piscicultura de sucesso?

Normas e Legalização

Para ter sucesso na criação de peixes e atuar de forma legal, é importante buscar orientações sobre normas e regulamentos para práticas de aquicultura em sua localidade.

Dessa maneira, a delimitação para criação de peixe, seja em ambientes naturais ou tanques artificiais, deve ser estruturada de acordo com órgãos reguladores.

O fato de seguir normas e regulamentos faz com que o negócio atue legalmente e possibilite o criador de comercializar os peixes.

Estrutura e Local 

Para a criação de peixes através da técnica de piscicultura é preciso pensar na estrutura, e para definir o tipo de estrutura adequada é preciso levar em conta a escolha do local.

Para montar um espaço adequado para criação de peixes, fatores biológicos devem ser analisados considerando qualidade da água, solo, topografia do terreno, e fatores climáticos.

Desse modo, a criação de peixes pode ser feita em mar, represa, lago, tanque de rede, tanque comum, açude, barragem ou viveiro.

Cada uma das possibilidades apresenta uma característica diferente e pode determinar o tipo de estrutura adequada para o negócio.

estrutura para piscicultura

A estrutura deve ser montada de acordo com características do local

Espécies

Para ter um negócio de sucesso, é preciso definir quais os tipos de espécies incluir na criação de peixes.

As espécies mais indicadas para a técnica de piscicultura são:

  • Pacu,
  • Tilápia,
  • Carpas coloridas, húngaras ou capim,
  • Curimbatá,
  • Dourado,
  • Piacu,
  • Lambari,
  • Piracanjuba.

dicas para fazer piscicultura

Para definir quais espécies cultivar, é importante considerar o consumidor final, levando em conta quais espécies tem mais saída.

Assim, é ideal escolher o cultivo de uma espécie que atenda a demanda de mercado.

Alimentação

Entre os cuidados para a criação de peixes está etapa de alimentação.

Os peixes mais novos devem ser alimentados de 3 a 5 vezes por dia, enquanto os peixes com mais de 6 meses de vida podem entrar para o processo de engorda, recebendo alimento de 5 a 8 vezes por dia.

dicas e cuidados com piscicultura

A alimentação pode ser mais frequente no período de engorda

Reprodução

Para quem pratica criação de peixes através da piscicultura, uma etapa importante é a separação de casais de cada espécie, deixando-os juntos por um período entre 15 e 30 dias para reprodução.

O processo de reprodução ainda envolve a separação das ovas, que devem ser mantidas em outro tanque por um período de até um mês de vida.

 

Você já conhecia essa técnica? Compartilhe conosco o que acha desse tipo de criação de peixes e se já pensou em aderir a técnica.

Você pode gostar...