Tudo sobre【FEIJÃO GUANDU】► Benefícios + Como cultivar!

Há uma variedade imensa de tipos de feijão, sendo alguns mais conhecidos, como é o caso do feijão carioca, e outras opções menos conhecidas, como é o caso do feijão guandu.

E se você já ouviu falar por cima sobre esse tipo de feijão ou não tem o mínimo conhecimento sobre essa variedade, no post vamos falar sobre esse tipo de feijão que tem crescido no plantio e consumo. Então, é hora de descobrir todos os benefícios de consumir e cultivar o feijão guandu.

feijao guandu

 

O que é feijão-guandu?

O feijão guandu pode ser chamado por variados nomes, dependendo da região, e algumas das denominações mais comuns para esse tipo de feijão são:

  • Andu,
  • Anduzeiro,
  • Guando,
  • Guandeiro,
  • Ervilha de pombo.

O feijão andu é bastante conhecido e já tem m consumo maior em alguns Estados do país, como Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Maranhão, Bahia e Piauí.

o que e feijao andu

A espécie é denominada de diversas maneiras

Esse tipo de feijão é uma leguminosa resistente e de origem africana, que cresce através de um arbusto semi perene e e com característica ereta ou semi ereta, com o tempo de produção que varia de 90 a 180 dias.

Esse feijão é conhecido por diversos benefícios, e principalmente por ser fonte de minerais e proteínas na alimentação.

Quais seus valores nutricionais?

O feijão guandu tem sido cada vez mais consumido por ser fonte de proteínas e minerais, garantindo uma alimentação rica em nutrientes.

Comparando esse feijão a outros tipos de alimentos, é possível analisar que espécie é rica em proteínas, correspondendo a 21% (22g) de proteínas em sua composição. Na comparação com outros alimentos, como carne e amêndoas, conhecidos por serem fonte de proteína, o feijão andu mostra-se bastante interessante, uma vez que a carne oferece 26 g de proteínas, enquanto as amêndoas oferecem 15 g.

Essa espécie de feijão também pode ser comparada a outros tipos de leguminosas, como é o caso da ervilha. Nessa comparação, a ideia é avaliar a quantidade de vitaminas A, e nesse caso, o feijão anduzeiro pode ter 5 vezes mais vitamina A que a ervilha.

valores nutricionais do feijao guandu

A leguminosa é rica em nutrientes

O preparo do feijão através de cozimento pode trazer uma variedade de nutrientes bem ampla, como:

  • Carboidratos,
  • Fibras é vitaminas do complexo B,
  • Zinco,
  • Potássio,
  • Ferro,
  • Cálcio,
  • Manganês,
  • Fósforo,
  • Magnésio.
beneficios do feijao andu na alimentacao

O preparo cozido traz uma série de vitaminas e minerais

Entre os benefícios que esse feijão e a variedade de nutrientes presentes nesse alimento trazem à saúde, estão fatores como:

  • Melhor funcionamento do sistema imunológico;
  • Melhora na disposição e energia;
  • Regulação da pressão arterial;
  • Melhora na saúde do coração;
  • Melhora do metabolismo;
  • Fortalecimento dos ossos e dentes.

Quais os benefícios do cultivo?

Além de estar se destacando na alimentação brasileira, essa espécie de feijão traz muitos outros benefícios relacionados ao seu cultivo. Alguns desses benefícios são:

  • Espécie rústica com boa resistência à seca e possibilidade de cultivo em solos inférteis.
  • Leguminosa que suporta variações de temperaturas em períodos mais extensos e sem irrigação.
  • Opção de cultura para períodos de déficit de chuvas.
  • Pode ser utilizado como adubo verde, ajudando na fixação de nitrogênio no solo.
  • Pode ser utilizado na alimentação animal.
beneficios e vantagens do cultivo de feijao andu

A leguminosa pode ser usada na alimentação animal

beneficio do plantio de feijao guandu

Como cultivar feijão-guandu? #dicas

Clima

Para o cultivo do feijão andu, o ideal é que a leguminosa seja cultivada em regiões em que a temperatura varia de 20° a 40 °C ao longo de todo o ciclo da cultura. As temperaturas menores que 20 °C ou períodos de geada podem ser prejudiciais para o desenvolvimento da espécie.

como plantar e cultivar feijao guandu

A espécie não se adapta bem a regiões frias

Rega / Irrigação

Essa espécie de feijão é bastante resistente e pode resistir a variações pluviométricas, mas com a falta de chuva, é indispensável a rega para manter o desenvolvimento da leguminosa.

Desse modo, a planta gosta de solo com boa drenagem e as regas devem ser intercaladas para não encharcar o solo.

 

Solo / Plantio

Para o plantio das sementes e feijão andu, é indicado solo profundo e a semeadura deve ocorrer no período dos meses de novembro e dezembro, temporada de chuvas e que ajuda no desenvolvimento da leguminosa.

Para o preparo do solo deve ser feita a calagem utilizando calcário dolomítico, que ajuda a corrigir a acidez da terra r incorpora cálcio e magnésio, o que ajuda a disponibilizar fósforo e molibdênio para que a leguminosa possa se desenvolver de forma saudável.

A recomendação de espaçamento pode variar de acordo com a proposta do cultivo, sendo que em áreas de cultivo com gado, a recomendação é que espaçamento seja de linhas de 2 a 3 m de distância, garantindo distância suficiente para que o gado possa se movimentar entre as linhas.

Caso o cultivo não seja em área com gado, o espaçamento pode ser menor ou igual a 1,5 m de distância entre as linhas.

dicas de cultivo de feijao guandu

 

Você já conhecia essa variedade de leguminosa? Conte-nos se você já cultivou ou até mesmo já provou essa espécie de feijão.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *