Phalaenopsis【2021】–Tipos e Cultivo de Orquídea Borboleta

A orquídea phalaenopsis é um dos gêneros mais admirados entre as variações de orquídeas, e traz flores exuberantes e delicadas!

Sendo um dos gêneros mais procurados para o cultivo e decoração de interiores, é bastante comum as dúvidas em relação aos cuidados com a Phalaenopsis. E se você vem tendo dúvidas para cuidar da sua orquídea, no post reunimos tudo o que você precisa saber sobre esse gênero e suas variações e espécies.

dicas orquidea phalaenopsis

Características e curiosidades

As orquídeas do gênero phalaenopsis foram criadas em 1825 por Karl Ludwig von Blume, e batizadas de phalaenopsis a partir de da junção de 2 palavras gregas “phalaina” (falena, mariposa) e “ópsis” (visão, ação de ver).

De acordo com Karl, as flores desse gênero lembram asas de mariposas, por isso a denominação popular de “orquídea borboleta”.

O gênero tem origem em países da Ásia tropical, como Filipinas, Malásia, Sumatra, China, Indonésia e Taiwan, e atualmente é composta por 75 espécies catalogadas.

As orquídeas borboletas são em maioria epífitas, que se hospedam em troncos e em cima de árvores, e algumas espécies também podem ser litófitas, que vivem sobre rochas.

Entre as características das orquídeas desse gênero estão caule praticamente nulo, folhas largas e suculentas com armazenamento de reserva nutricional, raízes longas, grossas e flexíveis.

As flores da orquídea borboleta são destaque entre as variações de gêneros de orquídeas, e ocorrem a partir de uma haste que parte do caule.

A floração costuma ocorrer entre o inverno e a primavera, mas com para o desenvolvimento de espécies híbridas é comum ver phalaenopsis florindo em diferentes estações do ano.

As flores podem durar até 3 meses, e o gênero traz flores vistosas com ampla variação de cores, como branco, vermelho, amarelo, creme, roxo, esverdeado, estriadas e até mesmo pintalgadas.

caracteristicas orquideas phalaenopsis

As flores podem durar até 3 meses

Principais espécies de Phalaenopsis

Phalaenopsis mini

As mini orquídeas são originárias do processo de hibridização, criando miniaturas com folhas mais compactas e flores menores.

Por conta das folhas menores, essa espécie tende a sofrer menos com desidratação, uma vez que a área de evaporação é menor.

Por conta do tamanho reduzido e da delicadeza, as variações mini ficam lindas e harmoniosas em pequenos espaços.

mini orquidea phalaenopsis roxa

A orquídea borboleta mini é em tom de roxo

mini orquideas phalaenopsis

As orquídeas mini são delicadas!

mini orquidea phalaenopsis branca

A espécie mini tem flores brancas

phalaneopsis mini

Phalaenopsis schilleriana

A espécie é nativa das Filipinas e é considerada uma orquídea de porte médio, atingindo até 50 cm de altura.

A planta com folhas rajadas em verde escuro tem flores que variam entre nuances de rosa e roxo.

A floração ocorre durante a primavera e o verão, trazendo flores bastante perfumadas e que duram até 4 semanas.

especie de orquidea phalaenopsis

As flores são bastante perfumadas

orquidea phalaenopsis rosa

phalaenopsis schilleriana em tronco de arvore

As flores variam entre tons de rosa e roxo

Phalaenopsis amabilis

Uma das espécies mais conhecidas entre o gênero phalaenopsis, a amabilis é bastante popular no Brasil e é considerada uma planta de porte médio, que pode atingir até 50 cm de altura.

As folhas apresentam coloração de verde oliva, as flores brancas são características da espécie.

A floração costuma ocorrer no verão e podem ficar abertas por até 60 dias.

orquidea phalaenopsis branca

A espécie é bastante popular no Brasil

orquidea phalaenopsis amabilis

As flores dessa espécie podem ficar abertas por até 60 dias

orquidea phalaenopsis branca amabilis

As flores brancas caracterizam a planta

especie de orquidea branca

Phalaenopsis gigantea

A espécie gigantea é um dos tipos de orquídeas phalaenopsis, e tem como diferencial ser uma espécie de porte grande, com folhas gigantes e que podem atingir até 2 m.

A floração dessa espécie costuma acontecer durante o verão, trazendo flores perfumadas e de longa duração.

A espécie pode demorar até 6 anos para a primeira floração.

orquidea phalaenopsis gigantea

As flores têm longa duração

orquidea phalaenopsis com folhas gigantes

As folhas grandes são características da espécie

orquidea phalaenopsis gigante

A espécie é considerada uma orquídea de grande porte

Phalaenopsis bellina

A espécie é considerada uma orquídea de pequeno porte, que pode atingir de 15 a 35 cm de altura.

A planta tem flores em tom de roxo com pontas esverdeadas, e que aparecem durante o verão. O perfume das flores é uma característica da espécie bellina.

flor de orquidea phalaenopsis roxa bellina

As flores misturam tons de roxo e verde

especie de orquidea phalaenopsis roxa e verde

orquidea phalaenopsis bellina

A floração acontece durante o verão

Phalaenopsis aphrodite

A espécie aphrodite pode atingir de 15 a 50 cm de altura e tem como características folhas robustas e que lembram couro.

As flores aparecem de uma haste que pode ter até 30 cm, e medem de 2 a 3 cm de diâmetro.

A phalaenopsis aphrodite traz floração branca, e com possibilidade de tom de amarelo pálido nas sépalas.

Essa espécie costuma florir na primavera, mas as variações híbridas podem florir durante todo o ano.

orquidea phalaenopsis aphrodite

A espécie tem flores brancas

orquidea branca phalaenopsis aphrodite

especie de orquidea branca

As flores brancas são lindas!

Phalaenopsis violácea

A espécie é originária da Sumatra e com desenvolvimento em árvores, mas também pode ser mantida em vasos como uma mistura apropriada para criar um substrato ideal para o plantio.

As folhas dessa espécie são verdes e largas e podem chegar até 35 cm de altura.

A flores aparecem em tons de violeta, roxo e até mesmo em variações como branco e azul.

As flores apresentam pétalas pontudas e perfume intenso.

orquidea phalaenopsis roxa

A espécie pode apresentar tons de roxo

orquidea phalaenopsis violacea

A flor roxa é uma característica da espécie

orquidea phalaenopsis roxa

As flores têm perfume intenso

especie de orquidea phalaenopsis roxa

Como cuidar e cultivar?

Luminosidade

As orquídeas borboletas gostam de boa iluminação, mas sem a incidência de luz solar direta.

Sendo assim, recomendação é que as plantas recebam bastante luminosidade ao longo do dia, mas sem ficarem expostas diretamente ao sol.

dicas e cuidados com orquidea phalaenopsis

A orquídea gosta de luminosidade, mas sem incidência direta de luz solar

Para identificar as necessidades e peculiaridades da planta em relação a luminosidade, é possível analisar as folhas.

  • Folhas amareladas: o surgimento de folhas amareladas nas orquídeas borboletas podem ser sinal de excesso de luz.
  • Folhas verde escuras: a pigmentação em tom de verde bem escuro na planta pode ser sinal de falta de luz solar.
  • Folhas alongadas: caso as folhas fiquem alongadas demais, é importante analisar se a planta não está com pouca exposição a luminosidade, o que também pode prejudicar a inflorescência da orquídea.

Clima

As orquídeas borboletas são adeptas da variação de temperatura ao longo do dia, mas podem não ser resistentes a temperaturas muito frias e abaixo de 15 °C.

No caso de dias frios, a dica é manter o vaso em um local mais aquecido da casa, evitando que a planta sinta o frio excessivo.

Rega

A rega das orquídeas desse gênero devem ser mais frequentes durante as estações mais quentes, e nesse caso a rega pode ser feita 2 vezes por semana, deixando o excesso de água escorrer, para evitar o excesso de umidade no solo.

Durante as estações mais frias, a recomendação é de rega apenas uma vez na semana, e mantendo a boa drenagem para evitar o acúmulo de água.

A indicação é que as regas sejam feitas ao amanhecer ou ao entardecer, quando o dia está menos quente.

dica de rega para orquidea phalaenopsis

A boa drenagem do solo evita o acúmulo de água nas regas

Adubação

Para manter a orquídea saudável e estimular as inflorescências, a adubação deve fazer parte dos cuidados com as orquídeas borboletas.

Para a adubação de manutenção e crescimento, há a possibilidade de usar adubo cristalizado solúvel em água e que deve conter micro e macronutrientes. A indicação para esse tipo de adubo é o NPK em proporções como 10-10-10 ou 20-20-20.

Já adubação para estimular a floração deve ter reforço de fósforo (P) e potássio (K), e nesse caso a indicação é de NPK nas proporções 10-30-20.

Ventilação

Esse gênero de orquídea deve ser mantido em local com boa ventilação, principalmente em períodos mais chuvosos, o que ajuda a evitar o surgimento de fungos nas folhas e flores.

Pragas

As orquídeas do gênero phalaenopsis estão sujeitas ao ataque de insetos que podem danificar as folhas, e no caso de identificar que as folhas da planta foram mastigadas por insetos, a solução com calda de fumo é uma boa alternativa para manter os insetos afastados da planta.

Para fazer a receita caseira e manter a planta livre de pragas, vamos a receita e ao passo a passo.

 

Ingredientes:

  • 100 g de fumo de rolo picado
  • 1,5 l de água
  • 1 colher (chá) de sabão de coco em pó

 

Modo de preparo e aplicação:

  • Misture o fumo de rolo com água e leve ao fogo até ferver;
  • Depois de ferver, acrescente o sabão de coco e misture bem;
  • Espere a mistura esfriar e passe por uma peneira;
  • Coloque a mistura em um borrifador e use-o para aplicar nas folhas da planta que está sofrendo com o ataque de insetos.

 

Floração

Uma nova floração do gênero phalaenopsis pode ocorrer na mesma haste floral onde já teve uma floração anterior, soltando novas gemas para uma nova inflorescência na haste antiga.

Desse modo, é indicado não cortar a haste antiga até que esteja totalmente seca, uma vez que essa haste pode dar novas florações.

dicas para cultivo de orquidea phalaenopsis

Como plantar orquídea borboleta?

Em geral, as phalaenopsis são orquídeas que se desenvolvem em troncos de árvores e rochas, mas é possível cultivar essas orquídeas em vasos utilizando o substrato ideal para o plantio, ao invés do uso de terra, que pode prejudicar o desenvolvimento da planta.

Para a preparação do substrato ideal para cultivo de orquídea borboleta, misture partes iguais de casca média de pinheiro, fibra de coco e pedaços de cortiça ou carvão.

A casca de pinheiro é ideal para não acumular umidade no solo, enquanto a fibra de coco deve ser livre de resina.

Já os pedaços de carvão ou cortiça são essenciais na mistura e ajudam a criar uma drenagem, evitando o acúmulo de água no vaso, o que pode prejudicar as raízes da planta.

Com a mistura do substrato preparado, é só plantar a orquídea nesse solo e garantir os cuidados necessários para a planta.

como plantar orquidea phalaenopsis

A espécie deve ser cultivada em um substrato com cascas de pinheiro, fibra de coco e pedaços de cortiça

Você gosta dessa variação de orquídea? Conte-nos qual a sua espécie favorita e se você já sabia os cuidados necessários para manter a planta saudável e com inflorescências.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *