Como Cuidar de Tulipas – Dicas e Informações Essenciais!


A tulipa é uma flor encantadora que desperta um fascínio em qualquer um que se depare com ela. Devido a sua variedade de cores e formas, a tulipa é muito utilizada na decoração de ambientes, mas existem alguns cuidados fundamentais que devem ser adotados por aqueles que desejam ter ela em casa. No post de hoje, explicamos detalhadamente como cuidar de tulipas, desde os cuidados mais básicos até os mais avançados.

Imagem de três tulipas vistas de baixo para cima com um céu azul atrás

Hoje a tulipa é considerada a flor da Holanda, tanto que elas ocupam mais de 10 mil hectares, representando um ramo que exporta 60% das flores de corte do mundo e cerca de 10 bilhões de bulbos por ano.

Originária da Ásia Central, a tulipa foi levada à Holanda em meados de 1560 e logo se tornou um símbolo do país, sendo frequentemente associada a ele. No Brasil, ter uma tulipa em casa pode ser uma tarefa bastante complicada, pois o solo e o clima brasileiro não contribuem muito para seu desenvolvimento. Por isso, fique atento às dicas que vamos apresentar para que sua flor cresça bonita e saudável mesmo em condições adversas.

Montagem com quatro imagens de tulipas diferentes

Tipos de Tulipas

 Conhecida por sua haste longa e cores vivas, a tulipa possui cerca de 100 espécies diferentes. A seguir listamos alguns tipos de tulipas, uns mais comuns e outros mais exóticos, mas igualmente incríveis.

A altura das tulipas pode variar 30 e 60 centímetros; e suas folhas são ovais, lanceoladas ou largas.

Tulipa Chinesa Pink: Frágil e delicada, esta tulipa pode ser facilmente danificada pelo vento. No entanto, sua fragilidade é compensada pela beleza: o rosa intenso junto ao formato das pétalas conferem à planta uma beleza única.

Tulipas rosas em um jardim florido

Tulipa Negra: Este tipo de tulipa se destaca por suas características exóticas, com destaque para a coloração escura, que dá origem ao nome. A Tulipa Negra possui um significado especial proveniente de uma lenda persa, em que dois jovens amantes foram separados e um deles correu para o deserto chorando, local onde as lágrimas que atingiam a areia se tornavam uma linda Tulipa Negra que simbolizava sua tristeza.

Três tulipas negras vistas de perto com o fundo desfocado

Tulipa West Point: Lembram muito o lírio de flores devido às pétalas pontiagudas e arqueadas para cima. O amarelo forte é inconfundível e confere um visual arrebatador a ela. Além da beleza, sua principal vantagem se encontra no fato de que se adapta bem ao clima brasileiro por preferir lugares com invernos amenos e verões quentes e secos.

Jardim com muitas tulipas west point. As duas na frente estão em foco e as do fundo estão desfocadas.

Tulipa Bailarina: Assim como no exemplo anterior, essas tulipas também lembram muito os lírios, mas suas flores são marcadas por um laranja vivo. Sozinha ela já possui uma beleza arrebatadora, mas para que a decoração fique ainda melhor, o recomendável é que a Tulipa Bailarina seja plantada próxima a outros exemplares de sua espécie.

Jardim repleto de tulipas bailarinas. Elas são retas e a ponta possui flores alaranjadas.

Tulipa Angélique: De cor rosa pálido, caracterizam-se pela quantidade de folhas de suas flores que lhes dá um aspecto mais descuidado. É recomendável que sejam plantadas em um recipiente grande, no maciço ou nas pedras, em grupos bem juntos para um efeito de cor intensa.

Jardim com tulipas angélique. Elas possuem um aspecto delicado por causa do rosa desbotado.

Como Cuidar de Tulipas: Principais Cuidados

Existem diversos fatores que influenciam diretamente no desenvolvimento da tulipa. O responsável por ela deve estar sempre atento aos mínimos detalhes para evitar qualquer tipo de problema com a flor.

Tulipa se desenvolvendo passo a passo. Começa como um pequeno broto e termina em uma tulipa desenvolvida.

As tulipas são bulbos que duram vários anos e que quando tratadas da maneira correta, dão origem às flores. Por isso o primeiro cuidado já começa na hora de escolher qual bulbo você irá comprar. Evite comprar aqueles que estejam secos, murchos ou com mofo e lembre-se de após a compra armazená-los em um local fresco e seco.

Como Regar?

As tulipas devem ser regadas regularmente, pelo menos três vezes por semana para que continuem florescendo. Ela deve estar sempre umedecida, mas fique atento para não encharcá-la, pois isso contribui para a proliferação de micro-organismos que podem causar danos à planta.

Tulipas rosas sendo regadas com um vaso.

Qual o Espaço Ideal?

O tamanho padrão dos vasos para a tulipa gira em torno dos 30 centímetros e é necessário que possuam furos de drenagem adequados. Os brotos da tulipa serão inseridos no vaso após você ter preenchido ele com três camadas fundamentais: de pedra, de terra e de areia, respectivamente nessa ordem.

Com essas três camadas na parte inferior do vaso e seu broto plantado, você pode cobri-lo com uma camada de terra adicional de aproximadamente 2,5 centímetros entre o topo da terra e a borda do vaso.

Tulipas vermelhas em um vaso com terra vistas de cima para baixo.

Quando Florescem?

Para que possam florescer, as tulipas demandam um período de frio de pelo menos 15 semanas, que é quando os bulbos começam a desenvolver raízes. Com a chegada da primavera, o bulbo da tulipa fará surgir brotos de folhas, seguido do caule que dará sustentação à flor. A época em que as tulipas florescem é quando ainda está um pouco frio na primavera, similar às flores de narcisos.

Jardim com tulipas vermelhas e um fundo desfocado

Em que Época Plantar?

O ideal é que os bulbos das tulipas comecem a ser plantados quando as temperaturas começam a esfriar, próximo do verão ou início do outono. As raízes irão se desenvolver durante todo o outono e darão uma breve pausa durante as temperaturas mais baixas. Conforme a temperatura do clima for aquecendo os brotos nascerão, seguidos pelas flores.

Foto com zoom em tulipas coloridas, cada uma com uma cor.

Ambiente, Clima e Iluminação

Como a tulipa é originária de regiões mais frias, ela naturalmente encontrará certas dificuldades de adaptação no clima tropical brasileiro, portanto o ambiente em que ela será inserida afeta diretamente em seu desenvolvimento.

Para diminuir o calor excessivo, coloque sempre uma pedrinha de gelo no início do dia e outra no final da tarde próxima a raiz. Além disso, mantenha a tulipa sempre em um ambiente fresco e bem arejado, onde ela tenha contato com a luz do sol e esteja protegida de correntes de ventos.

Foco em uma única tulipa que possui pétalas vermelhas e brancas

Como Plantar Tulipas em Casa: Passo a Passo

Existem algumas regras importantes na hora de plantar de tulipas que são fundamentais para seu desenvolvimento. Não tem muito segredo, basta seguir os passos que apresentamos e o plantio da tulipa será muito mais proveitoso.

Quatro vasos simples de tulipa em um canteiro

Passo 1: Escolha bulbos saudáveis e defina o local que a tulipa irá ficar. O ideal é que esse local receba o sol da manhã e também a sombra da tarde.

Passo 2: Compre um vaso para depositar os bulbos e encha a parte inferir com aproximadamente 4 centímetros de rochas, pedrinhas ou cascalho.

Passo 3: Coloque uma camada de terra acima das pedras. O ideal é que essa camada de terra vá até a metade do vaso.

Passo 4: Adicione uma camada bem fina de areia acima da terra, isso ajudará na drenagem e impedirá que os brotos fiquem alagados.

Passo 5: Coloque os bulbos no vaso com a ponta pontuda para cima. O ideal é que a distância entre eles seja de aproximadamente 5 centímetros.

Passo 6: Cubra os bulbos com mais uma camada de terra. Esta camada deve ficar aproximadamente 2,5 centímetros abaixo do limite do vaso.

Paso 7: Coloque o vaso com os brotos no local fresco como orientado no passo 1. Após aproximadamente três meses, coloque o vaso em um local aquecido e ensolarado, como uma varada ou até mesmo próximo à janela.

Passo 8: Regue as tulipas regularmente. Mantenha a terra úmida, mas não encharcada.

Um solo saturado pode fazer os brotos apodrecerem

Passo 9: Quando as flores da tulipa começarem a perder as pétalas, retire as cabeças das flores. Você também deve retirar as folhas quando elas começarem a morrer, mas espere até o resto da planta morrer antes de removê-la completamente, pois assim o broto irá coletar e armazenar energia para as flores do próximo ano.

As tulipas são muito bonitas e podem tornar qualquer ambiente bonito e cheio de vida. Se você deseja ter uma em casa, fique atento aos cuidados apresentados no post para que ela floresça ainda mais saudável. Conte para nós nos comentários qual é o seu tipo de tulipa favorito e acesse nossa sessão de Paisagismo e Jardinagem para outras dicas incríveis.

 


Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *