Como Cuidar de Cactos: como plantar e diversas dicas de cultivo!


estUma planta que ganha cada vez adeptos é o cacto. Seja para ter em casa ou em um vasinho na mesa do trabalho, essa espécie ficou ainda mais famosa após o sucesso das suculentas. Além disso, muitas pessoas escolhem os cactos por acreditarem que é fácil cultiva-los. Mas será que é tão simples assim? Confira no texto várias dicas sobre como cuidar de cactos, passo a passo para plantar e muito mais!

Como Cuidar de Cactos? Dicas de Cultivo

Vasos coloridos com cactos

Vasos coloridos são um charme na decoração.

O cultivo dos cactos é muito parecido com como cuidar de suculentas, mas é claro, existem algumas diferenças. Primeiramente, é preciso diferenciar os dois tipos de plantas. Para começar, é importante saber que:

“Todo cacto é uma suculenta, mas nem toda suculenta é um cacto.

Montagens com diferentes tipos de vasos com cactos.

Principais Características das Suculentas

  • O nome é esse devido à grande quantidade de água que podem armazenar.
  • Conseguem viver com pouca água e luz.
  • Podem ser encontradas em várias famílias de plantas.

Principais Características dos Cactos

  • Se diferencia das demais suculentas principalmente por causa das suas aréolas (pequenos círculos de onde podem nascer flores e espinhos).
  • Não tem folhas.
  • Tem a superfície espessa.
  • Muitos tipos tem espinhos, mas nem todos!
  • Podem ser cobertos de pelos.

Cactos no deserto

Não sei vocês, mas sempre que eu penso em cactos, me vem na cabeça aqueles que vivem no deserto. Eles conseguem viver nesses lugares com pouca incidência de chuva, devido ao armazenamento de água que elas possuem, mas e em casa? Como cuidar de cactos? Por estarem acostumadas à situações extremas, essas plantas são consideradas de fácil cultivo, mas mesmo assim elas necessitam de alguns cuidados.

Iluminação

Você deve estar se perguntando: se os cactos vivem no deserto, que tem muito sol, como vou poder cultivá-lo em casa? A questão é que essa planta se adapta com bastante facilidade. Por esse motivo, é possível sim ter alguns vasos em casa, só não podem deixar de receber luz.

Vasos em cima de palete.

Regando Corretamente

Mesmo que os cactos sejam conhecidos pela sua reserva de água, isso não significa que eles não necessitam de rega. Segundo especialistas, a melhor forma de como cuidar de cactos com relação à rega é molhar essas plantas uma vez por semana ou a cada quinze dias. Mas, se o local que você cultiva a espécie for interno, pode ser necessário regá-la apenas uma vez ao mês.

Mas então, como ter certeza da periodicidade? A melhor dica é verificar o substrato, pois caso ele esteja muito seco, quer dizer que está precisando de água. Além disso, outros conselhos com relação ao solo são bastante importantes para manter a saúde do seu cacto.

Vasos transparentes com cactos

Adubos / Fertilizantes

Com relação ao solo, uma das principais questões sobre como cuidar de cactos também diz respeito ao fato dessa planta reter líquido. Como ela está acostumada com solo seco, aconselha-se o uso de cascalhos e areia misturados ao substrato, para garantir que ele esteja sempre drenado. Outra dica interessante é não fazer uso de substratos com grande presença de argila, como a “terra vermelha”. Esse tipo de substrato pode causar um encharcamento excessivo, prejudicando e podendo apodrecer a planta.

Caso você pretenda plantar um cacto no jardim, especialistas afirmam que o ideal é fazer uma camada de aproximadamente 30 cm com o objetivo de drenar o solo. Essa camada pode ser feita com argila expandida ou pedras para finalmente receber uma mistura de areia com terra adubada.

Montagem com fotos que mostram como cuidar de cactos no jardim.

Os cactos são ótimas opções para quem não tem muito tempo para cuidar do jardim.

Falando em adubos, eles podem ser orgânicos ou não. Os orgânicos podem ser usados mensalmente com uma pequena quantidade. Você pode encontrar esse tipo de produto em lojas especializadas, ou fazer um em casa.

Mas se você prefere os fertilizantes minerais ou químicos, o ideal é buscar por produtos completos e especializados nessa planta. No momento da utilização, sempre siga as instruções e se for para errar, que seja para menos. Uma boa dica é aplicá-lo na sombra.

Pragas

Para saber realmente como cuidar de cactos, você precisa da dica a seguir!

Os cactos podem até ser resistentes, mas eles também podem sofrer com as pragas. As mais comuns nesse caso são os ácaros e cochonilhas (semelhantes a pedaços de algodão). Elas geralmente aparecem quando acontece algum desequilíbrio no habitat da planta, como falta de nutrientes, pouca luz e excesso ou falta de rega.

A melhor forma de acabar com esse problema é fazer uso do óleo de Neem:

  1. Transfira a planta para um local com bastante luz do sol.
  2. Utilize um cotonete umedecido com o óleo para retirar a praga.
  3. Limpe o local com uma misura de água com sabão de coco natural.
  4. Pode as áreas mais comprometidas, se necessário.
  5. Misture uma tampinha do óleo de Neem com um litro de água em um borrifador e aplique no seu cacto.

Por mais que essa praga seja pequenininha, o problema que ela pode causar é bem grande. No começo, a planta pode ficar manchada e murchar, mas a praga pode danificar seu cacto de tal forma que pode até matar a planta. Por isso, vale sempre a pena ficar de olho e quando necessário, fazer o tratamento acima (e é claro, tentar evitar o aparecimento delas, cuidando do ambiente da plantinha)!

Terrários com cactos.

Terrários são ótimos para fazer arranjos com cactos.

Vasos

Existem diversos tamanhos de cactos e cada um deles é ideal para um tipo de plantio, seja no jardim ou em vasos. Mas no caso dos vasos, é importante saber que eles se adaptam bem ao tamanho do mesmo. Ou seja, se não tiverem espaço para crescerem, eles simplesmente não crescem. Porém, o ideal é que o recipiente acompanhe o tamanho e desenvolvimento da planta e que seja trocado sempre que necessário.

Especialistas afirmam que caso você opte pelos mini cactos, o vaso deve ter pelo menos 7 cm de altura, sendo que devem sobrar de dois a três centímetros entre a borda do mesmo e a planta.

Se o seu cacto estiver crescendo e você deseja mudá-lo de local, o ideal é que esse novo recipiente tenha ao menos três vezes o tamanho do antigo. E para facilitar o manuseio, vale uma dica extra: sempre envolver o cacto em folhas de jornal ou papelão.

Arranjo de cactos com mini casinha.

Como Plantar Cactos: Passo a Passo

A pergunta que não quer calar! Depois de todas essas dicas, finalmente, como devo plantar meus cactos? Então vamos lá. Primeiro, você deve escolher qual/ quais cactos vai plantar. Essa questão é importante, pois dependendo do local onde eles vão ficar, você deve escolher um tipo específico.

Você já sabe que existem os cactos originários do deserto, mas também existem aqueles tropicais. É claro que eles são resistentes, mas não custa nada dar uma forcinha, não é mesmo. Por isso, se o local onde você deseja plantar seu cacto tiver pouca luz, o ideal é escolher um cacto de floresta. Já se o local tiver bastante luz natural, opte pelo de deserto.

Depois de escolhido o tipo de cacto, é só seguir o passo a passo desse vídeo.

Agora você já sabe tudo sobre como cuidar de cactos! Usou as nossas dicas para plantar um aí na sua casa? Então conte para a gente nos comentários!



COMPARTILHE!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *