Árvores frutíferas em vaso: espécies e dicas de como cuidar!


A falta de um espacinho com terra no quintal não é justificativa para não ter uma árvore em casa, pelo contrário, dá para aproveitar exatamente o pouco espaço do lar e adaptar a ideia para um vaso, e pode até ser de uma espécie que dê frutos. E é isso mesmo a ideia, ter árvores frutíferas em vaso, e assim cultivar uma árvore e ainda ter a oportunidade de frutos frescos mesmo sem um quintal de terra em casa.

E se você gosta da ideia de árvores frutíferas em vaso, mas ainda tem dúvidas de quais as melhores espécies para plantar, como cultivar e tantos outros dúvidas relacionadas ao cultivo das árvores em vasos, o post traz dicas e passo a passo completo para cultivar as árvores frutíferas no pequeno espaço dos vasos.

espécies

Tipos de Árvores Frutíferas em Vaso

Há várias espécies de árvores frutíferas indicadas para o plantio em vaso, mas algumas são mais comuns e mais fáceis de manter, como:

 

Jabuticaba 

Entre as espécies de árvores frutíferas em vaso, a jabuticabeira costuma ser bastante utilizada. E para manter a planta saudável, o ideal é mantê-la sob incidência de muita luz e pouco vento, e com regas diárias.

vaso jabuticabeira

O vaso tem planta rasteira na base

jabuticaba em vaso

Acerola

A pequena frutinha avermelhada gosta de muito sol, então a exposição a luz do sol deve ser de no mínimo 6 horas por dia. Já as regas são mais espaçadas, e podem ocorrer apenas 2 vezes por semana.

acerola vaso

vaso com árvore frutífera decoração

O vaso com pé de acerola decora a varanda gourmet

Pitanga 

Assim como a acerola, a pitangueira gosta de muito sol, mas não é muito resistente a locais com muito vento.

Se a escolha entre as árvores frutíferas em vaso é pela pitangueira, a rega deve ser mais constante, uma vez que a árvore gosta de solo úmido, e por isso a irrigação deve ser diária durante o verão.pitanga

vaso de pitagueira

O vaso grande e branco foi a aposta para o plantio

 

Limão siciliano

O limão siciliano é um charme a parte na decoração e uma ótima proposta de árvore de frutos.

A espécie deve ser mantida em local com incidência de luz por pelo menos 4 horas diárias, e as regas devem ocorrer de 2 a 3 vezes por semana.

limão siciliano

O vaso segue o estilo arredondado

limão siciliano vaso

Romã

Para quem está em busca de árvores frutíferas de vaso, a romãzeira é uma das apostas, que além de dar frutos deliciosos ainda adiciona um ponto de decoração com plantas para o espaço.

Para o cultivo da espécie é indicado local com bastante luz solar e regas quando a terra secar.

vaso de romã varanda

O vaso foi posicionado na varanda sob a luz do sol

romã em vaso

Laranja 

A laranjeira além de linda ainda perfuma o ambiente durante sua floração, e para alcançar esse ponto do desenvolvimento da espécie é preciso mantê-la em local com muita incidência de sol (mínimo de 6 horas diárias).

Para a irrigação, o ideal é a rega, em média, 2 vezes por semana, mas sempre verificando se o solo não está muito seco.

pé de laranja vaso

A árvore foi apoiada pelo cabo de madeira

vaso com laranjaLaranjinha kinkan 

Para cultivar a pequena laranjinha é preciso ter um espaço com muita incidência de sol, pois a planta exige bastante sol para o seu pleno desenvolvimento.

As regas devem ser feitas apenas quando o solo estiver seco, já que a laranjinha não é resistente a solos muito úmidos.

vaso com laranjinha kinkan

vaso para árvore

Para o plantio, a escolha foi pelo vaso retangular

Pêssego 

A espécie é bastante indicada para o plantio em regiões de temperaturas mais baixas, e necessita de no mínimo 4 horas de sol por dia.

A rega da espécie deve ser constante, sem encharcar o solo, mas de modo a mantê-lo sempre úmido.

vaso com pêssego

Na base do vaso, a aposta foi por plantas musgos

vaso de frutas

Amora 

A amoreira é uma das espécies para árvores frutífera em vaso que tem ótimo desenvolvimento e facilidade de manutenção.

A árvore não precisa de tanto sol diário (em média 4 horas) e as regas podem ser mais espaçadas, sendo necessárias apenas quando a terra estiver seca.

amoreira

O pequeno vaso de barro foi usado para o plantio

amora

Dicas de Como Cuidar e Cultivar

Tipo de vaso 

O primeiro passo para o plantio de árvores frutíferas em vaso é a escolha do vaso onde será realizado o plantio.

tipos de vasos

O vaso não deve ser muito pequeno, pois as raízes precisam de espaço para crescerem e assim a árvore desenvolver frutos.O ideal é escolher um vaso que tenha capacidade mínima de 20 L.

O modelo do vaso pode ser variado, mas as versões bojudas com furos embaixo (escoamento da água) costumam ser as melhores para esse tipo de cultivo.

Outro detalhe desse momento é escolher o material do vaso, e a dica aqui é preferencialmente os vasos de cerâmica ou barro, que esquentam menos que o plástico e possuem melhor drenagem.

 

Montagem do vaso para plantio 

A segunda etapa para plantar a árvore no vaso é fazer a montagem correta e a preparação da terra para inserir a muda da espécie escolhida. E essa etapa envolve alguns processos:

como plantar

A muda deve ser bem fixada no vaso

  • Coloque uma manta drenante (ou feltro) no fundo do vaso;
  • Sobre a manta espalhe uma camada, entre 5 e 10 cm de altura, de pedras, cascalho ou pedaços de telha para permitir a drenagem da água;
  • Prepare a terra misturando metade de terra orgânica com a outra metade de areia de construção;
  • Preencha o vaso com essa terra misturada até mais ou menos a metade;
  • Encaixe a muda da espécie frutífera escolhida de modo que a base do torrão fique 2 cm abaixo da borda e depois complete o restante do vaso com a terra preparada, apertando em volta do torrão para deixá-lo bem firme e completando também os 2 cm acima do torrão;
  • Agora é só regar a planta e iniciar os próximos cuidados para manutenção da espécie.

 

Exposição ao sol

Como qualquer outra espécie de planta, é necessário que as árvores frutíferas em vaso recebam iluminação direta da luz solar, e neste caso, o ideal é que qualquer tipo tenha essa incidência por no mínimo 4 horas diárias.

 

Adubação 

A adubação das árvores frutíferas em vaso devem ocorrer de 3 a 4 vezes ao ano, sendo indicado a cada início de estação, com exceção do inverno.

O adubo usado para a a adubação deve ser rico em fósforo, e ainda vale adicionar húmus de minhoca junto do vaso para nutrição da planta.

Além da adubação de manutenção, outra dica é fazer uma adubação com NPK 10-10-10 na terra após a árvore dar frutos, de modo a repor os nutrientes gastos durante esse período. Além da reposição de nutrientes na terra, use um foliar nas folhas da árvore, o que vai auxiliar no desenvolvimento da planta.

 

Irrigação 

A irrigação das árvores frutíferas em vaso deve ser feita regularmente, e a quantidade de regas pode variar de acordo com cada espécie.

rega

Para não errar, a dica é testar com o dedo e verificando se o solo está seco ou não. As regas devem ocorrer quando o solo estiver entre úmido e seco, mas evitando que a terra fique sempre encharcada e nem que seque demais.

 

Pragas e doenças 

Não é raro que árvores frutíferas sofram com pragas e doenças, e por isso é importante observar sempre a espécie e ficar atento a qualquer modificação.

A alteração de cores das folhas, manchas ou até insetinhos presentes pode ser um sinal de que a planta precisa de cuidados, e neste caso é preciso identificar o que a planta está passando para determinar as mudanças e tratamentos necessários.

Para quem não tem muita familiaridade com algumas manifestações, vamos às dicas:

  • Pulgões: os pulgões são bem comuns nas plantas e costumam ficar embaixo das folhas, como pequenos insetinhos. Para o combate natural, vale usar uma mistura de detergente neutro com água e borrifar nas folhas ou composição a partir de fumo (calda de fumo).
  • Manchas escuras: o aparecimento de manchas escuras nas folhas pode indicar a aparência de fungos, geralmente, ligados à umidade excessiva da terra. Neste caso, a espécie já pode estar com caracois e lesmas, e o tratamento indicado é o uso de fúngicos para jardinagem e a diminuição das regas.
como cuidar de pragas

As folhas podem ser o primeiro sinal da planta

  • Desbotamento: se as folhas começaram a ficar amareladas e com manchinhas marrons, pode ser sinal de falta de luz, e neste caso é só mudar a árvore de vaso para um lugar com mais luz solar. No caso das folhas começarem a enrolar, pode ser excesso de sol, e a mudança para um lugar com mais equilíbrio de luz solar é a solução do problema.

 

Colheita dos frutos 

A hora mais esperada quem cultiva árvores frutíferas de vaso é o momento da colheita dos frutos, e nessa etapa a dica é usar sempre uma tesoura de poda para a retirada da fruta.

como colher

Se na retirada do fruto o caule foi lesionado, a dica é passar um pouquinho de canela em pó no local do corte, de modo a evitar a cicatrizar o corte e evitar a entrada de doenças por esse local.

Ah, e se você apostou no bonsai de frutas, que é uma variação das árvores frutíferas em vaso, mas neste caso uma árvore menor, a dica da canela também é válida.

colheita frutas

 

 

Agora que você já aprendeu tudo sobre árvores frutíferas em vaso, é hora de escolher uma espécie com sua fruta favorita, preparar o plantio e se arriscar nesse projeto de jardinagem.

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *