TIPOS DE TIJOLOS: tudo sobre!


Se você não tem tanta afinidade com a área da construção civil é possível que fique um tanto em dúvida quando o assunto são os tipos de tijolos. E isso é normal, mas se você pretende construir ou reformar, é importante conhecer um pouco mais sobre esse universo para escolher os modelos de acordo com as necessidades do projeto.

 

 

Conforme o material

Cerâmica (barro cozido)

tijolo cerâmico

Nesse item existem dois modelos clássicos – o tijolinho e o bloco. O primeiro é conhecido por ser usado de maneira aparente e além de ser funcional para edificar a obra, também é uma ótima escolha para deixar visível, como é o caso do tijolo a vista aparente, que é muito utilizado na decoração. O único ponto negativo de usar esse item como material principal da obra é o custo que pode ser mais elevado.

Já o bloco cerâmico é um dos itens mais utilizados para erguer as paredes de alvenaria e existem variações em relação ao número de furos e tamanho, sendo que os maiores são indicados para estruturas maiores.

 

Adobe (barro cru)

tijolo adobe

Esse tipo de acabamento dá toque rústico a construção

O modelo é um velho conhecido e antecede a técnica tijolo cozido. A fabricação é feita a partir de barro, água, fibras naturais e palha, e a secagem é feita ao sol.

As vantagens do uso deste modelo é que tem custo barato e torna-se ecológico por conta da produção simples, além de ser um ótimo isolante térmico e manter as temperaturas amenas no interior do lar.

E como nem tudo são flores, há as desvantagens e aqui o principal ponto é em relação a umidade, já que o material absorve muita água e pode se desfazer em contato direto e intenso com a chuva.

 

Laminado

tijolo laminado

O modelo também é conhecido por 21 furos

Além do nome laminado, esse tipo de peça também é conhecido por tijolo 21 furos, e isso é fácil de notar por conta dos orifícios que a peça contém. Os furinhos são ótimos para melhor aderência da argamassa e consequentemente para deixar a estrutura mais firme, e por isso a indicação é usar esse modelo deitado para mostrar apenas a parte lisa.

O modelo tem alta resistência e durabilidade, e por isso torna-se preferido para os projetos com tijolo aparente. O seu uso é muito comum em fachadas e até mesmo para os modelos de churrasqueira de alvenaria.

 

Concreto

bloco estrutural

A variação de nomes é uma característica desta peça que pode ser conhecido como:

  • Tijolo de concreto;
  • Bloco de concreto;
  • Bloco estrutural.

E apesar da variação dos nomes o item é o mesmo e tem estrutura mais robusta, o que acaba deixando o item como peça para construções maiores. No entanto, nada define isso, e o bloco é ótimo para fazer o alicerce da casa. Outra característica dessa peça é a economia em relação ao consumo de argamassa, que por conta de sua anatomia economiza no material de junção.

O bloco estrutural pode ser utilizado apenas como parte estrutural, mas também podem seguir a linha decorativa e ficar aparente para dar um toque de decoração industrial ao espaço.

 

Vidro

bloco de vidro

Paredes de vidro dão toque moderno ao ambiente

O bloco de vidro é uma peça curinga e além de ser ótimo para a estrutura, ainda tem excelente eficácia na decoração.

O item é uma peça de vidro que garante bom isolamento técnico e acústico, além de garantir a entrada de luminosidade ao espaço. O uso costuma ser apenas para detalhes da construção, como uma parede que permita a entrada de luz e divisória de ambientes.

O único ponto negativo desse item é em relação ao preço, uma vez que uma única peça tem valor a partir R$ 12, e esse fato pode impossibilitar o uso em vários pontos da obra.

 

Tijolo ecológico

tijolo ecológico

            Esse tipo de material é muito utilizado em construções sustentáveis por conta da sua tendência ao ecológica. O item é produzido a partir de uma mistura de solo, cimento e água e prensado manual ou mecanicamente e dispensa a queima, o que torna o item sustentável.

casa sustentável

A casa é valorizada pela fachada de tijolinho aparente

Entre as vantagens do uso deste tipo de material, está o baixo consumo de argamassa, isolamento térmico e acústico, resistência, fácil encaixe e possibilidade de ficar aparente.

No entanto, a peça ainda tem suas falhas e entre elas está a necessidade de um profissional especializado (ainda difícil de encontrar no mercado) e a não indicação a locais muito úmidos.

 

Placas de tijolo

placa de tijolo

            Se desse para definir esse item como um “tijolo fake (falso)”, essa seria melhor definição, uma vez que a peça não chega a ser um item inteiriço.

decoração ambientes integrados

O revestimento aparente da parede se estende pela sala de TV e jantar

O modelo conhecido como placa é exatamente isso, e tem uma fina camada de barro que serve apenas como um revestimento para a parede já construída. Então, seu uso fica totalmente restrito a decoração de paredes e até de churrasqueira, permitindo assim o tijolinho aparente, sem ser exatamente uma parede construída com o material.

 

Conforme os furos

Maciço

tijolo maciço

As ranhuras facilitam a fixação

A peça é conhecida por ser maciça já que sua estrutura é toda composta pelo material de confecção, como o barro. Ou seja, não há orifícios na composição da peça.

A vantagem da peça maciça é que este modelo torna-se uma excelente escolha para isolamento térmico e acústico por ter uma composição inteiriça, mas por ser uma peça pequena consome mais argamassa na aplicação e prolonga o tempo da obra por conta da secagem que é mais demorada.

Por conta de suas desvantagens, o material torna-se mais comumente usado detalhes aparentes, como uma parede decorativa.

 

Baiano

bloco baiano

A versão também conhecida como bloco, tem sido uma das mais utilizadas nas construções de casas. E isso porque a peça com furos é maior e faz a obra render mais, além de economizar mais no uso de argamassa por conta das ranhuras que dão mais aderência. O número de furos resulta também no tamanho do tijolo, e quanto mais orifícios, maior será a peça.

A indicação de uso fica restrita ao alicerce, já que os furos deixam a peça mais leve e consequentemente menos resiste para a fundação do lar; mas muito eficiente para paredes.

 

Vazado

elemento vazado

O mix de modelos também cria um visual bacana

O elemento vazado é uma versão decorativa das peças estruturais, e é indicado para detalhes onde há prioridade de entrada de luz e ventilação. O uso também pode acontecer como uma parede que funcione como divisória de ambiente.

Este tipo de material pode ser mantido em sua cor clássica – cerâmica – ou utilizado com camada de tinta. Há ainda a possibilidade de comprar itens já coloridos e em diferentes acabamentos como a louça. E se você quer um nome mais sofisticado para o elemento vazado, outra denominação é cobogó.

 

Conforme o uso

Estrutural

construção

construção casa

construção bloco concreto

bloco construção

Como diz o título do tópico, alguns estilos são apenas para o uso estrutural, ou seja, a função da peça é simplesmente para construir a sustentação e as paredes da casa. Neste caso, os elementos acabam tendo custos mais baixos, e os blocos são mais indicados para essas funções.

Por conta do seu visual estrutural, este tipo de peça pede um acabamento por cima e aí entra a pintura, massa corrida, revestimento e tantos outros itens que decoram os simples blocos da casa de alvenaria.

 

Decorativo

escada com guarda corpo de vidro

A parede de tijolinhos dá toque rústico a decoração moderna

parede vazada

A decoração tem enfoque de cinza a partir das paredes

parede de bloco de vidro

Os vasos com cactus decoram o ambiente

decoração rústica

O piso de madeira é aconchegante

Neste tópico entram os itens que podem ficar aparentes e tornam-se parte da decoração, a exemplo dos tijolos a vista, elementos vazados e blocos de vidro.

Alguns desses itens, como os tijolos de cerâmica também podem ser utilizados na parte estrutural, mas atualmente o uso tem sido mais intensificado para o campo visual, já que garantem uma parede super charmosa para a decoração.

 

Como usar modelos diferentes de tijolos

 

 

 

Com as dias do post você já sabe tudo sobre os variados tipos de tijolos, mas antes de iniciar qualquer obra é indicado a consulta a um profissional qualificado para orientar sobre o modelo mais apropriado para a sua construção.

 

Confira também

2 Responses

  1. NESTOR GOMEZ VELOZ disse:

    SALUDOS, SOY UN EMPRENDEDOR QUE DESEO INNOVAR LA CONSTRUCCIÓN GRACIAS A SU INFORMACIÓN RECIBIDA EN LO RELACIONADO AL LADRILLO ECOLÓGICO TIPO LEGO, LO CUAL TENGO EL ÉXITO EN LA CONSTRUCCIÓN , SIN EMBARGO MI MAYOR PROBLEMA EN EL MOMENTO ES EL AMALGAMA PARA HACER LAS JUNTAS ENTRE LOS LADRILLOS, CONSULTE A LAS EMPRESAS NACIONALES Y NO RECIBO ASESORAMIENTO TÉCNICO, A LO CUAL CON MUCHO RESPETO SOLICITO ME PUEDAN AYUDAD EN LA DOSIFICACIÓN DEL AMALGAMA QUE SE HARÍA PARA LOGRAR LAS JUNTAS CON ÉXITO GRACIAS POR SU ATENCIÓN

  1. setembro 20, 2016

    […] Fonte: Casa e Construção […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *