Mercadinho de Bairro – Como Montar e Lucrar em 2021?

Os comércios de bairro estão ganhando destaque entre os estabelecimentos comerciais, e não é diferente com o mercadinho de bairro, uma oportunidade de negócio para quem pretende empreender atendendo uma região da cidade.

A tendência dos comércios de bairro acontece devido ao fato de facilitar o dia a dia, evitando a necessidade de pegar trânsito para se deslocar a um grande mercado para as necessidades diárias.

E se você vê o mercadinho de bairro como uma oportunidade de negócio, no post trouxemos dicas de como montar esse empreendimento e ter sucesso no negócio!

mercadinho de bairro

Como montar um mercadinho de bairro? #dicas

Planejamento

Para começar o negócio, independente do tamanho, é indispensável planejamento, evitando problemas futuros.

Para um bom planejamento, uma dica é montar um plano de negócios para o mercadinho de bairro, ajudando a planejar o empreendimento por inteiro, definindo missão, estratégias, analisando o mercado, definindo orçamento, parte operacional, capital de giro, entre outros elementos que são fundamentais para um negócio de sucesso.

dicas para montar mini mercado

Local

Para escolher o local ideal para o seu mercadinho de bairro, a dica é evitar proximidades de hipermercados, atacados e grandes centros, uma vez que os mercados maiores têm maior poder de barganha e conseguem negociar os produtos com o preço mais barato, dificultando a concorrência.

Desse modo, a dica é focar em se distanciar dos grandes mercados e priorizar bairros mais afastados de centros e grandes mercados.

A proposta do estabelecimento é atender a proximidade de onde está localizado, desse modo, a escolha de um bairro residencial é perfeita para o negócio.

Para a escolha de um bom local, priorize pontos que sejam fáceis de chegar caminhando e que também tenham facilidade de estacionamento.

como escolher local para mercadinho de bairro

O local deve oferecer acesso fácil aos clientes

Espaço

Para montar um mercadinho de bairro é essencial escolher um ponto comercial que tenha espaço suficiente para o seu negócio, considerando o espaço para exposição dos produtos em gôndolas e prateleiras, área de atendimento e caixa, área de estoque, área com freezer e refrigeradores.

Apesar de não exigir uma área grande, é preciso garantir que o mercadinho tenha espaço suficiente para exposição dos produtos e circulação dos clientes dentro do estabelecimento.

dicas para montar mini mercado

O estabelecimento deve garantir espaço para circulação dos clientes

como montar mercadinho de bairro

Investimento

Uma das etapas para montar o negócio é o investimento, que pode ser detalhado em um plano de negócios desenvolvido para o mercadinho.

O investimento inclui aquisição de expositores, como gôndolas, prateleiras, freezer e geladeira.

Além dos expositores, o mercadinho de bairro também pede investimento em cestas e carrinhos, balcões, caixas, maquinários, como fatiadora de frios e computadores.

O valor total de investimento pode variar de acordo com o tamanho do mercadinho e estilo do negócio, e em média os custos iniciais são entre R$ 20 mil e R$ 30 mil, para um negócio pequeno e simples.

investimento para montar mercadinho de bairro

O valor de investimento pode variar

Fornecedores

Uma etapa importantíssima para abrir um negócio é a escolha de fornecedores, e não é diferente com o mercadinho de bairro.

Para definir fornecedores, priorize por fornecedores que oferecem entregas pontuais, qualidade, variedade de produtos e bons preços.

Estoque

Com os fornecedores já definidos, é importante ter um pequeno estoque de produtos para reabastecimento das gôndolas e prateleiras.

Como a proposta é de montar um mercadinho de bairro, a dica é ter um estoque pequeno para reposição rápida até a chegada de mais produtos.

O estoque do estabelecimento deve ser verificado com frequência, evitando excessos e a possibilidade de perder produtos por conta da validade.

Para montar um negócio, é recomendado oferecer ao menos 2 opções de marcas para cada item, trazendo opções de escolha para o cliente.

dicas para mercadinho de bairro

O estoque deve ser conferido com frequência, evitando perda de produtos por conta da validade

Legalização

Um dos processos antes da abertura do negócio é garantir que o estabelecimento atue de forma legal, para isso é fundamental a emissão de documentos e alvarás que legalizem o mercadinho.

Alguns documentos necessários para a legalização do empreendimento são:

  • emissão de CNPJ;
  • alvará da vigilância sanitária;
  • alvará municipal.

A lista traz alguns documentos básicos para a legalização, mas é recomendado verificar junto à prefeitura quais outros documentos legais são exigidos para a abertura do negócio.

Colaboradores

Uma etapa importante do negócio é a contratação de colaboradores, e essa etapa não é obrigatória, sendo possível contratar funcionários de acordo com a demanda e serviços necessários.

É comum que os estabelecimentos menores sejam familiares e com a atuação dos membros da família, mas nada impede de ter colaboradores para auxiliar no negócio, e nesse caso os funcionários contratados devem ser registrados para que tudo no estabelecimento funcione dentro da lei.

dicas para montar mercado de bairro

Os colaboradores devem ser registrados

Treinamento

Para garantir que o seu empreendimento seja referência no bairro, uma dica essencial é oferecer treinamento a todos que atuam no negócio.

Mesmo parecendo um negócio simples, é importante oferecer treinamento para que as tarefas sejam realizadas com maior agilidade e o atendimento ao cliente seja feito com qualidade e respeito, o que ajuda na fidelização dos clientes.

Divulgação

Uma das últimas etapas para a abertura do negócio é a divulgação, que pode impulsionar o seu empreendimento.

Para a divulgação do mercadinho, foque no marketing próximo ao bairro que o empreendimento está localizado, apostando na divulgação nas proximidades, uma vez que a ideia é atender a região próxima.

Para a divulgação, é possível utilizar carros de som, panfletos, anúncios em embalagens de negócios da região, como sacolas e caixas de pizzas, e até mesmo parcerias com comércios locais.

Outra maneira de divulgar o negócio é através das redes sociais, criando uma conta para o seu estabelecimento e divulgando o negócio online.

 

Se você já está com o planejamento em andamento para abrir o seu negócio, uma das etapas é a escolha de um nome para o empreendimento. E se você precisa de uma ajudinha, não deixe de conferir o post com dicas de nomes para supermercados. Quem sabe assim você não encontra a opção ideal para o seu mercadinho?!

Agora é só aproveitar as dicas do post, planejar bem o negócio e garantir um empreendimento lucrativo e de sucesso!

Você pode gostar...