Como Abrir um Cartório?【2021】– Dicas e TUDO Sobre!

A ida a um cartório costuma ser algo comum em diversos momentos da vida, e se você já se dirigiu a um cartório, é bem provável que já tenha pensado em como abrir um cartório e se essa é uma atividade lucrativa.

E se você já teve a dúvida de como abrir um cartório e se qualquer cidadão pode ser proprietário desse tipo de estabelecimento, reunimos tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

como abrir um cartorio

Como abrir um cartório? #dicas

Exigências

Para quem tem dúvidas de como abrir um cartório, há exigências e requisitos antes de ser proprietário de um cartório.

Algumas das exigências para abertura de um cartório são:

  • ter nacionalidade brasileira,
  • ter capacidade civil,
  • estar em quitação com as obrigações eleitorais e militares,
  • ter diploma de bacharel em direito em instituição reconhecida,
  • ter exercido a profissão de advogado por pelo menos 10 anos,
  • apresentar comprovante de inexistência de antecedentes criminais ou civis,
  • passar por uma verificação de conduta para o exercício da profissão.

 

Além de cumprir com todos esses requisitos, ainda é necessário fazer um concurso público para ser habilitado a abrir um cartório, uma vez que alguns serviços prestados em cartório são considerados públicos.

dicas e exigencias para abrir cartorio

Tipos de Cartórios

É bem provável que você já tenha visto diferentes tipos de cartórios, sendo alguns públicos e outros privados, e que prestam diferentes tipos de serviços.

Para entender um pouco melhor sobre os tipos de cartórios, reunimos uma breve explicação de cada uma das opções.

  • Registro Civil de Pessoas Naturais: este tipo de cartório é conhecido por prestar serviços como a emissão de certidões de nascimento, óbito, casamento, entre outros.
  • Serviço de Notas: nesse tipo de cartório é comum a prestação de serviços para lavrar procurações, fazer escrituras, fazer reconhecimento de assinaturas e autenticação de documentos.
  • Protestos de Títulos: o cartório de protesto de títulos é responsável pelos protestos de títulos relacionados a dívidas e atos acessórios.
  • Registro de Imóveis: esse tipo de estabelecimento faz o registro e averbação de títulos ou transição de direitos sobre imóveis.
  • Serviço de Apostilamento: nesse tipo de cartório são feitos documentos brasileiros que passam a ter valor em outros países e que estejam definidos na Convenção de Haia.
  • Registro de Títulos e Documentos Civil das Pessoas Jurídicas: o estabelecimento presta serviços para registrar contratos, estatutos de sociedade, atos constitutivos, compromissos de sociedade, e registro de documentos que necessitam de conservação.

tipos de cartorios

Como é o concurso para abrir cartório?

Para quem pretende abrir um cartório, uma das etapas é fazer um concurso público, que é composto por 4 fases:

  • Prova objetiva: a prova objetiva tem caráter eliminatório e é uma prova composta por questões de múltipla escolha, reunindo matéria técnica e administrativa da especialidade (70% das questões), matérias de direito (20% das questões) e conhecimentos gerais (10% das questões).
dica para abrir cartorio

O processo do concurso é em 4 etapas

  • Prova escrita e prática: outra etapa do concurso é a prova escrita e prática, uma etapa classificatória em que o candidato precisa fazer uma dissertação, uma peça prática e responder questões objetivas sobre as especialidades de cartórios.
  • Prova oral: a etapa de prova oral é considerada classificatório e envolve questões sobre as especialidades de cartórios que devem ser respondidas de forma oral.
como funciona abertura de cartorio

A prova oral é uma das etapas do processo

  • Exame de títulos: a última etapa do concurso para abertura de cartório é o exame de títulos, que é considerado uma etapa classificatória, classificando os candidatos com currículos que somem maior número de pontos em relação aos títulos.

Para conferir todo o processo e o conhecimento cobrado no concurso para abrir um cartório, é necessário acompanhar o edital referente ao concurso.

Como funciona franquia de cartório?

A maneira mais conhecida para abrir um cartório é através da habilitação por concurso público, mas outra possibilidade é a de abrir um cartório através de uma franquia, uma opção para quem não possui os requisitos necessário para abrir um cartório.

A franquia de cartório é responsável pela intermediação entre cartórios oficiais e órgãos públicos, e atualmente são 3 tipos de franquias – Cartório Mais, Cartório Postal e Cartório Facial.

  • Cartório Mais: esse tipo de franquia é uma empresa considerada privada e que atua com cartórios oficiais e tem como diferencial a agilidade.
como funciona franquia de cartorio

A franquia oferece agilidade

  • Cartório Postal: a franquia é especializada na prestação de serviços relacionados a consultoria e assessoria, e também faz emissão de 2ª vias de certidões, como nascimento, casamento e óbito.

como abrir franquia de cartorio

  • Cartório Fácil: a franquia de cartório é especializada na entrega de documentos em sede de cartórios oficiais e outros órgãos brasileiros.

tipos de franquias de cartorio

Agora que você já sabe como atuar nesse tipo de negócio, fica mais fácil de entender sobre o estabelecimento e como abrir um negócio nesse ramo.

Você pode gostar...