Aquário para tartaruga: 20 fotos para você se inspirar!


É muito fácil se apaixonar pelas tartarugas, elas são incríveis criaturas que existem há milhões de anos. Apesar de ser um animalzinho muito popular, muita gente fica em dúvida sobre como criar um aquário para tartaruga.

Se você tem muita vontade de ter um animal de estimação, mas tem receio por ter pouco tempo disponível, uma tartaruga pode ser a sua nova companheira. Esse bichinho prefere ficar sozinho e é muito independente, mas o que garantirá o conforto dele é o habitat adequado.

As tartarugas têm uma história tão antiga quanto a dos dinossauros. Estes répteis são de diversos tamanhos, formas, cores e são nadadores rápidos. Vale lembrar que as tartarugas são criaturas de sangue frio que são muito sensíveis às mudanças de temperatura, por isso é importante mantê-las em um ambiente agradável.

Antes de escolhermos o local ideal, é importante identificar alguns traços importantes que definem cada uma delas:

  • As tartarugas aquáticas passam a maior parte do tempo debaixo de água, pois seu ambiente natural é geralmente composto de 75% de água (tartarugas semi-aquáticas só precisam de 50% de água). As tartarugas podem ser lentas na terra, mas seus pés palmados lhes permitem nadar rapidamente. A espécie aquática geralmente vai para a terra para tomar sol ou colocar os seus ovos, enquanto as semi-aquáticas passam mais tempo na terra e, às vezes, não são as melhores nadadoras.
  • As espécies terrestres passam a maior parte do tempo em terra e só usam água para tomar banho e beber. Eles não são boas nadadoras e são propensas a afogamento, por isso é importante saber exatamente que tipo de tartaruga você tem ou está pensando em adotar. Isso irá garantir que você monte o habitat correto para o seu novo animal de estimação.

Você pode perceber a diferença delas, observando o membro inferior, as aquáticas possuem membranas, que auxiliam quando estão nadando, já as terrestres não possuem essa característica. A carapaça também é outro indício que você pode distinguir entre cada uma delas. As que possuem relevo são de espécies terrestres e as lisas são predominantes nas que vivem na água.

Agora que você já sabe a distinção entre elas, vamos conhecer diferentes tipos de aquários para tartarugas?

Fotos e Modelos de Aquário para Tartaruga

Está em dúvida em qual modelo adquirir? Quando você for escolher o seu aquário, é importante perceber que o tamanho dele deve ser de acordo com o tamanho da sua tartaruga adulta. Afinal, isso evita que você fique trocando o animal de ambiente o tempo todo, deixando-o estressado.

Aquário de plástico para tartaruga.

Existem modelos de caixa feitos de plástico que são bem eficientes.

Aquário de vidro para tartaruga.

Aquário para tartaruga de vidro com iluminação.

Está pensando em decorar o aquário para tartaruga com pedrinhas, cascalho ou areia? Essa não é uma boa ideia, pois esse animalzinho é muito curioso e pode acabar comendo o que não deve!

Aquário com terra pequeno e outro com água para tartaruga.

Aquário grande de vidro com rampa.

A rampa feita de acrílico auxilia a tartaruga a se movimentar pelo ambiente.

Escolha um aquário que tenha duas divisões, uma com a opção de área seca para que o animal saia quando for necessário. Você pode até fazer uma caverna para abrigo. Já na parte molhada, é preciso que a água fique acima da tartaruga, de forma que seja possível ficar em pé lá dentro.

Aquário de vidro com rampa.

Rampa para tartaruga.

Aquário de vidro com divisões.

Coloque o aquário em um ambiente iluminado, porém evite que a luz do sol fique diretamente sobre ele. A vitamina D3 é muito importante para o bom desenvolvimento da tartaruga. Se o local não tiver luz do sol, você pode adquirir lâmpadas que contêm o raio UV, assim você consegue deixá-la tomando sol. Esse procedimento é necessário por pelo menos alguns minutos, três vezes na semana.

Aquário com iluminação.

Olha que modelo lindo para tartarugas semi-aquáticas!

 

Aquário iluminado por lâmpada.

 

Aquário com rampa e iluminado por lâmpada.

A tartaruga é muito sensível ao som, por isso é legal evitar ambientes com muitos ruídos ou instalar o aquário próximo da televisão ou do aparelho de som. Para saber se o ambiente está confortável, observe se ela fica bastante tempo na água. Caso ela não esteja satisfeita, vai acabar querendo escapar do aquário de qualquer jeito.

Caixa com divisão para ambiente seco e molhado.

 

Caixa azul com plantas para tartaruga.

 

Aquário para tartaruga com divisão.

Lembre-se de não deixar o aquário tampado, pois a umidade traz uma série de doenças.

Aquário de vidro aberto.

As plantas podem decorar o habitat, além de fazer muito bem para as tartarugas! Isso porque elas possuem muita vitamina A, que trazem saúde para a visão e para a carapaça delas. Plantas, como: Vallisneria sp., Potamogeton nodosus, Naja guadalupensis, Hydrilla sp. e Myriophyllum spicatum são as preferidas.

Aquário decorado com plantas.

Você pode enfeitar o fundo do aquário com um papel de parede ou desenho de sua preferência.

 

Diversas plantas em volta do aquário.

 

Aquário com muitas plantinhas ao redor.

Esses modelos de caixa são muito lindos e podem ficar interessantes no meio de um jardim tropical.

 

E como fazer a limpeza? O indicado é fazê-la pelo menos uma vez por semana e manter a água sempre limpa. Você pode usar filtros submersos na água para fazerem uma higiene completa no seu aquário para tartaruga.

Aquário com fundo decorado de tijolinhos vermelhos.

 

Aquário aberto com opção de ambiente molhado e seco.

Todos os modelos que mostramos aqui são lindos, né? Esperamos ter ajudado na escolha do aquário ideal para o seu bichinho! Comente aqui e conte-nos se o post te ajudou! Abraços 🙂


COMPARTILHE!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *