PISO FLUTUANTE: tudo sobre!


O revestimento é um passo importante no processo de finalização da obra, e esse quesito também vale para o chão. E uma das soluções para um processo rápido e com muito estilo é piso flutuante. Se você não está familiarizado com o termo, fique tranquilo(a), logo você vai descobrir que essa definição está mais próxima do que você pode imaginar.

 

O que é?

O termo que parece tão distinto se refere aos tipos de pisos que não são diretamente fixados ao chão. Por exemplo, o piso frio é fixado através da argamassa.

Neste caso, o termo flutuante se refere as peças que são encaixadas entre si e, geralmente, instaladas acima do contrapiso com uma manta entre as camadas.

piso laminado

Para ficar ainda mais claro, este tipo de revestimento costuma ser conhecido como piso que imita madeira e pode receber nomes diferentes de acordo com o tipo de acabamento – laminado, vinílico, carpete e madeira estruturada.

 

Vantagens e desvantagens do piso flutuante

Vantagens

  • Semelhança com madeira: uma das propostas deste tipo de piso é a aparência muito próxima da madeira, mas com custo menor.
  • Instalação: o tempo para revestir o chão é bem rápido e a aplicação dispensa obras grandes e sujeira.
  • Isolamento: o piso bem aplicado com a manta intercalando tem um ótimo resultado para quem mora em apartamentos, já que tem baixa reprodução do som no andar abaixo.
  • Custo: o preço bom é uma das características desse tipo de revestimento, já que costuma ser mais barato que madeira e até algumas opções como porcelanato.
  • Temperatura: se você mora em uma região fria pode comemorar, pois este tipo de piso não fica gelado como as cerâmicas.

Desvantagens

  • Barulho interno: apesar de não fazer tanto barulho para o andar abaixo, o piso costuma refletir mais os sons dentro do próprio lar, com a queda de objetos no chão ou até com saltos de calçados.
  • Não resistente a água: infelizmente algumas versões não resistem ao uso de água, por isso não devem ser utilizados em áreas molhadas e só devem ser limpos com pano úmido.

 

Cores e texturas

Tons claros

papel de parede quarto

Molduras decoram a parede

Para o quarto, a aposta foi valorizar os tons claros desde a parede e até o piso, e neste revestimento, a escolha foi pela cor Evidence Kalahari da Eucafloor.

quarto de bebê decorado

A cortina com tecido fino permite a entrada de luminosidade

No quarto de bebê a tonalidade mais suave evita deixar o resultado pesado demais para o ambiente infantil, e neste caso o Carvalho Viena (Durafloor) foi o revestimento usado para a decoração com tons de bege e branco.

cama futon

Na parede, revestimento cimentício 3D

No quarto de casal moderno, o piso Evidence (Eucafloor) serviu não só para cobrir o chão, mas também para revestir a base que serve de apoio para a cama.

quarto casal pequeno

No criado-mudo, abajur articulado

Com um tom de marrom mais suave, o Prime Nogueira Natural da Eucafloor reveste o piso e combina com o painel de madeira da parede que serve como substituto da cabeceira.

corredor

A cor clara – Savoy, Durafloor – dá luminosidade para o corredor e deixa as características da madeira, como texturas, com mais evidência.

quarto infantil lilás

O baú de canto funciona como criado-mudo

Para o quarto infantil a escolha foi por uma tonalidade clara que mescla tons, característica da madeira natural. E neste caso, o modelo foi pelo laminado Maple Verona da Durafloor.

sala pequena

A sala pequena pede opções de cores claras, e neste projeto o piso é o Amendola Vergara (Durafloor), que entrega uma tonalidade de madeira bem clara característica da própria Amêndola ou também chamada de Bracatinga.

 

Mais fotos

piso que imita madeira

piso madeira clara

piso laminado

Tons escuros

parede tijolo demolição

Almofadas alaranjadas decoram o sofá

Na sala, o visual do tijolo de demolição aparente é um detalhe rústico da decor. Já o piso tem um pouco de brilho, mas é marcado pelas texturas do modelo Cappuccino da Eucafloor.

sofá de fibra

Na mesa de centro, orquídeas brancas para enfeitar

Mais uma versão em tom de marrom mais fechado, a cor Carvalho Creta (Durafloor) combina com o sofá de fibra e decoração com acessórios em bambu.

poltrona vermelha

Na sala de estar, o design moderno do ambiente é caracterizado pelos móveis e revestimento do chão com fundo avermelhado, que neste projeto é a versão Way (Durafloor).

cadeira acrílico com madeira

As cadeiras diferentes deixam a sala de jantar moderna

A cor Carvalho Biarritz (Durafloor) tem tonalidade marrom com texturas evidenciadas por tons de bege e combina com móveis que variem entre esse duo de cores.

cadeira aramada

Na linha Trend da Durafloor, a opção Salerno reflete brilho e é caracterizado pela similaridade com a textura da madeira maciça.

painel piso laminado parede

Aos pés da cama, recamier estofado

No quarto de casal, a opção para revestir piso e parede foi o Rustic Carvalho Cordoba (Eucafloor), que destaca um tom de marrom claro com detalhes mais escuros.

mesa de vidro

O centro da mesa é um galão de metal

Para os ambientes integrados, o Home Parquet Nogueira (Durafloor) é uma solução para deixar o chão com uma tonalidade mais escura. Mas neste caso, a parede branca quebra o visual mais fechado.

sala com lareira

A mesa de centro é de fibra sintética

            Inspirado na madeira Ipê, a marca Floorest tem a opção de cor Ipe Tabaco; que foi utilizada para esta sala. E o resultado foi super harmônico, já que as tonalidades claras das paredes e móveis iluminam o ambiente.

piso laminado escuro

Caso a intenção seja um tom bem mais escuro, o Álamo da linha Ritz (Durafloor) é ideal para deixar o revestimento do chão com cor puxada para o marrom.

decoração rústica

Na mesa de centro, vasinho de planta

A textura é um dos principais pontos do laminado Evidence Antique Wood (Eucafloor), e a escolha para esta sala não poderia ser melhor, já que a decor valoriza pontos rústicos, como a mesa de centro de tronco.

 

Mais fotos

piso vinicolo

home office

piso que imita madeira escura

decoração piso escuro

Preço

O valor não é algo definido, já que marcas e modelos podem variar, mas além de considerar o revestimento, também é preciso levar em conta a mão-de-obra. Assim, é possível encontrar versões de piso flutuante a partir de R$ 12 m², sem instalação. E algumas empresas até oferecem o revestimento já com a instalação inclusa por um média de R$ 60 m².

 

Como instalar piso flutuante

 

 

 

 

Agora que você já sabe tudo sobre piso flutuante é só escolher qual modelo e cor são compatíveis com seu projeto.

You may also like...

1 Response

  1. bruno da silva disse:

    Quero saber o preço do metro do piso flutuante marrom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *